Menu
Busca sexta, 10 de julho de 2020
(67) 99647-9098
TJMS julho20
Economia

Caixa "rouba" 7 bilhões ao ano para cuidar de FGTS, denuncia Maia

O deputado criticou a taxa cobrada pelo banco estatal para administrar o fundo

14 outubro 2019 - 08h55Vitória Ribeiro, com informações Estadão

Em entrevista ao programa Poder em Foco, do SBT, na madrugada desta segunda-feira (14), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), denunciou que R$ 7 bilhões do lucro anual da Caixa Econômica Federal são "roubados" do trabalhador por meio da taxa de administração ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O deputado criticou a taxa cobrada pelo banco estatal para administrar o fundo e defendeu que, caso essa taxa não seja reduzida, o governo deva abrir espaço para que outras instituições financeiras sejam elegíveis para gerir o FGTS.

Para Maia, o rendimento do FGTS não deveria ser utilizado pelo governo para subsidiar programas sociais, como o Minha Casa Minha Vida. "Não é justo que o dinheiro do trabalhador, que é sócio deste fundo imenso que é o FGTS, seja usado como subsídio para construir a casa de outra pessoa. Para o trabalhador, o FGTS pode ser a única poupança que ele tem", disse. 

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Novo Toque de Recolher muda funcionamento dos shoppings de CG
Economia
Valor do leite sofre reajuste de 18% em MS durante a pandemia
Economia
230 mil empresários receberam indevidamente o auxílio de R$600, aponta TCU
Economia
Junho tem o maior volume de vendas do ano, diz Receita Federal
Economia
BNDES disponibiliza R$5 bi para micro, pequenas e médias empresas
Economia
Fiems e Banco do Brasil anunciam linha de crédito emergencial para empresários
Economia
Procon encontra variações de até 897% nos preços de produtos de inverno
Economia
Produção de petróleo em maio caiu devido pandemia
Economia
AO VIVO - Entidades orientam empresário a obter empréstimos de emergência
Economia
Crédito emergencial para empresas será anunciado nesta quarta

Mais Lidas

Geral
Em meio à pressão internacional, desmatamento na Amazônia dispara
Saúde
Coronavírus: com 509 novos casos MS já alcança 12.261 confirmações
Entrevista
"Minha atuação é em defesa do consumidor", diz vereador Papy
Política
Movimento protesta contra Bolsonaro na Afonso Pena