Menu
Busca sábado, 20 de abril de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Cheque sem fundo sobe 27% e Fecomércio MS recomenda cautela

21 abril 2011 - 08h32Arquivo

O número de cheques devolvidos por falta de fundos em Mato Grosso do Sul no mês de março atingiu o maior nível do ano, segundo dados do Banco Central do Brasil. O nível de inadimplência, que vinha se mantendo abaixo dos 7%, em março saltou a 8% dos cheques transitados.

“Os comerciantes precisam ser cautelosos na checagem de cadastro antes de receber os cheques”, alerta o presidente da Fecomércio MS (Federação do Comércio de Bens Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul), Edison Ferreira de Araújo.

Ele lembra que o mês de fevereiro foi de menor movimentação e também tem menos dias mas, ainda assim, o número de cheques devolvidos em março é alto. São 121 mil lâminas, número 27,1% maior que de fevereiro e 35% a mais que no mês de janeiro.

Outro dado que preocupa é que o valor médio do cheque sem fundo aumentou 3,5% no mês passado em relação ao anterior, passou de R$ 1.488,44 a R$ 1.540,49.

pmcg - prestação de contas

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Mega-Sena sorteia R$ 60 mi neste sábado
Economia
Alta da gasolina este ano é superior à do óleo diesel
Economia
Guedes diz que está preparando sequência de medidas "fortes e positivas"
Economia
Dólar fecha com maior valor em três semanas
Economia
Mega-Sena pode pagar R$ 52 milhões nesta quarta
Economia
Industrializados de MS se destacam na economia do país
Economia
Maia diz que reforma da Previdência deve passar pela CCJ esta semana
Economia
Fiems e Sedesc definem programa de incentivo e desenvolvimento
Economia
Porto Murtinho terá novo porto com investimento de R$ 120 mi
Economia
Dólar sobe e Bolsa tem queda

Mais Lidas

Polícia
Corpo de mulher é encontrado amarrado em árvore às margens da BR-262
Geral
“Em tempos de crise a solução é inovar”, diz empresária
Cidade
Morre no Rio, aos 40 anos, MC Sapão
Polícia
Jovem tem bicicleta furtada em estacionamento de supermercado