Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Economia

Confiança do Consumidor recua 1,2 ponto neste mês

Índice atingiu 90,4 pontos em escala de zero a 200

24 janeiro 2020 - 10h51Priscilla Porangaba, com informações da Agência Brasil

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 1,2 ponto de dezembro de 2019 para janeiro deste ano e atingiu 90,4 pontos, em uma escala de zero a 200. A queda veio depois da alta de 2 pontos na passagem de novembro para dezembro.

O resultado de janeiro foi puxado principalmente pelo Índice de Expectativas, que mede a confiança do consumidor em relação aos próximos meses e que recuou 1,4 ponto. Com isso, o subíndice atingiu 98,9 pontos.

O Índice da Situação Atual, subíndice que mede a confiança dos consumidores no momento presente, caiu 0,9 ponto e chegou a 78,7.

Os componentes que mais influenciaram a queda do ICC foram a intenção de compras de bens duráveis nos próximos meses (menos 5,4 pontos) e a percepção dos consumidores sobre a situação financeira da família no momento (menos 3,2 pontos).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Dolár bate recorde histórico de cotação e chega a R$ 4,40
Economia
Arrecadação de impostos de R$ 174,9 bi é recorde para mês de janeiro
Economia
Inflação no comércio em fevereiro é a menor em 26 anos
Economia
Dólar alivia e apresenta queda singela na última semana
Economia
Receita inicia nesta semana a restituição do lote residual do IRPF
Economia
Longen apresenta potencial de MS para embaixadores da Ásia
Economia
Reinaldo assina decreto para diminuir ICMS no comércio atacadista
Economia
Dólar apresenta queda nesta quinta-feira
Economia
Refis arrecadou R$ 76 mi e ajudou a “segurar contas municipais”, diz secretário
Economia
A gasolina aumentou para incentivar venda de etanol, diz Lazaroto

Mais Lidas

Cidade
Força tarefa minimiza estragos da chuva
Geral
Prefeito fica preso em elevador da prefeitura
Esportes
Nadador de MS disputa competição junto à seleção brasileira
Polícia
Funcionários da Receita encontram jibóia de 3 metros no posto fiscal