Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021
(67) 99647-9098
Governo Balada - topo - abril21
Economia

Fiems e Petrobras discutem qualificação de mão de obra para fábrica de fertilizantes

31 julho 2011 - 04h50Divulgação

O Senai e a diretoria de Gás e Energia da Petrobras, iniciaram as discussões para a estruturação do projeto de qualificação de mão de obra, que necessitará de cinco mil trabalhadores para a construção do empreendimento e mais 500 colaboradores após a ativação da unidade de fertilizantes nitrogenados (UFN III).

A reunião ocorreu após a confirmação do cronograma de inauguração para setembro de 2014 da fábrica de fertilizantes da Petrobras em Três Lagoas (MS).

No fim da tarde de quarta-feira (27), no Rio de Janeiro (RJ), o diretor-corporativo da Fiems, Jaime Verruck, reuniu-se com a diretora de gás e energia da Petrobras, Maria Graça Foster, para acertar a data de apresentação do projeto de qualificação profissional que será oferecida pelo Senai para atender a demanda da fábrica de fertilizantes em construção na cidade de Três Lagoas.

"Nos próximos 30 dias, a equipe técnica do Senai elaborará o programa de capacitação, que, em um primeiro momento, objetiva a qualificação de 5 mil pessoas para a construção da unidade e, em um segundo momento, precisará de mais 500 pessoas para atuar na fábrica", detalhou Jaime Verruck.

Graça Foster fez questão de reforçar ao diretor-corporativo da Fiems a prioridade da construção da fábrica de fertilizantes nitrogenados em Três Lagoas. "Trata-se de uma unidade localizada em uma região estratégica para a Petrobras, pois atenderá a demanda dos Estados do Centro-Oeste. Além disso, o empreendimento reduzirá a dependência externa brasileira por fertilizantes, como a amônia, por exemplo", destacou, ressaltando que o cronograma está mantido, ou seja, início das obras em agosto deste ano e conclusão em setembro de 2014.

Na avaliação de Jaime Verruck, a informação repassada pela diretora da Petrobras é extremamente positiva para a economia do Estado, pois ampliará o uso do gás natural, agregando mais receita à arrecadação estadual, além de beneficiar o agronegócio, tanto estadual, quanto regional, ao oferecer fertilizante a custo menor devido à localização estratégica da fábrica. "A questão da logística pesa muito no quesito custo do produto e o produtor rural do Centro-Oeste sairá ganhando com a operação dessa fábrica em Mato Grosso do Sul", analisou.

Qualificação

O diretor-corporativo da Fiems explica que o Senai fará a qualificação da mão de obra para atender a demanda da fábrica de fertilizantes com recursos do Prominp (Programa de Mobilização da Indústria Nacional de Petróleo e Gás Natural), que é coordenado pelo Ministério de Minas e Energia e foi instituído pelo Governo Federal para maximizar a participação da indústria nacional de bens e serviços, em bases competitivas e sustentáveis, na implantação de projetos de petróleo e gás natural no Brasil e no exterior. Ainda na reunião, ele apresentou à Petrobras a proposta de transferir de Campo Grande para Três Lagoas o NTGás (Núcleo de Tecnologia do Gás) do Senai.

Jaime Verruck detalhou que em 15 dias apresentará à estatal o projeto de viabilidade dessa transferência, já que 90% da demanda por esse tipo de qualificação será da região de Três Lagoas, onde a Petrobras também tem uma usina termelétrica movida à gás natural. "Com essa transferência, estaremos agregando ao CetecSenai Três Lagoas novos laboratórios nas áreas de saúde, segurança no trabalho e fertilizantes para atender os profissionais da região", pontuou.

Ele acrescenta ainda que a Petrobras vai iniciar no município de Três Lagoas, em parceria com a Missão Salesiana, o projeto social "Gerando o Futuro", que pretende preparar 480 jovens de famílias carentes para que possam participar do processo seletivo que o Senai oferecerá para atender a demanda da fábrica de fertilizantes.

"Nesse projeto, o Senai, por meio do CTGás-ER (Centro de Tecnologia de Gás e Energias Renováveis)/Petrobras, vai fornecer laboratórios móveis para demonstrar as aplicabilidades do uso do gás natural", detalhou o diretor-corporativo, que também é diretor-regional do Senai.

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril
Economia
Prazo para contestar auxílio emergencial negado termina hoje
Economia
Em reunião Senador Nelsinho Trad tenta destravar R$ 67,7 milhões para MS
Economia
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro
Economia
Auxílio Emergencial, como sobreviver com esse valor? Veja dicas
Economia
MS fecha fevereiro com saldo positivo em geração de empregos na indústria
Economia
Pandemia "impede" energia mais cara no MS
Educação
MS garante mais de R$ 6,4 mi para bolsas de mestrado, doutorado e pós
Economia
Nova rodada do auxílio emergencial começa a ser paga hoje; veja calendário
Economia
Auxílio emergencial: Foi aprovado? Confira as datas do pagamento do benefício

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio