Menu
Busca quinta, 27 de janeiro de 2022
(67) 99647-9098
Governo - conta energia
Economia

Fim de ano: Famílias gastarão menos com festas e mais com presentes, diz pesquisa

Comércio irá receber R$ 584 milhões durante as festas de fim de ano, 26% menos do que ano passado

02 dezembro 2021 - 11h22Sarah Chaves com informações da Fecomércio

O comércio de Mato Grosso do Sul vai receber R$ 583,82 milhões em compras para presentes e comemoração de fim de ano, aponta pesquisa de intenção de compras realizada pelo Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento da Fecomércio MS (IPF MS) e Sebrae MS.

O valor é 26% menor do que o registrado no ano passado. “Em 2021, a tendência para comemorações está menor que 2020, o que já nos acende um alerta para o segmento de supermercados e restaurantes que podem ter um cenário diferente do ano passado, quando a movimentação financeira para festas de fim de ano era mais positiva”, comenta o presidente do Sistema Comércio MS, Edison Araújo.

Segundo a pesquisa, em compras, os entrevistados afirmam que vão gastar R$ 190,08 mi (10,14% a mais que ano passado), mas com as festas de Natal e de fim de ano, serão usados R$ 194,36 mi e R$ 199,38 mi (-29,55% e -30,69%), respectivamente.

Presentes 

O gasto médio com presente será de R$ 281,86, sendo que 86,10% afirmam que vão até as lojas. De acordo com a analista técnica do Sebrae MS, Vanessa Schmidt, os consumidores estão mais cautelosos, dimensionando onde e como vão investir esse dinheiro. “Por isso, os lojistas que forem mais competitivos nos preços, ofertarem mais descontos nas vendas à vista podem ganhar um fôlego extra neste fim de ano”, diz.

Os entrevistados afirmam ainda que vão comprar roupas, calçados e acessórios (53,60%), brinquedos (31,80%) e móveis/eletrodomésticos (2,08%). “Esse cliente estará em busca de descontos, pois a tendência é de pagar à vista (37,70%), e estará muito seletivo quanto ao preço (20,20%). Por isso, ter várias opções de faixas de preço pode ser uma alternativa para os lojistas, que já deve tentar cativar o cliente para ele voltar no próximo ano”, aponta a economista do IPF MS, Regiane Dedé de Oliveira.

Comemorações 

Nas festas de fim de ano, os consumidores pretendem gastar, em média, R$ R$ 218,43 e 50% afirmam que vão passar a data em casa, e 43,70% vão preparar a alimentação em casa.

A pesquisa levantou ainda que 44,90% dos entrevistados vão receber o 13º salário, sendo que 22,70% pretendem guardar o recurso; 18,20% vão usar para pagar contas a vencer, e 17,50% para pagar as contas em atraso. 

Corumba - vacinação

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Estado avalia manter congelamento dos combustíveis
Economia
Prêmio da Mega Sena acumula em R$ 31 milhões
Economia
BC libera consulta a dinheiro "esquecido", mas suspende site em menos de 24 horas
Economia
IPVA 2022 terá 15% de desconto para pagamento à vista
Economia
50 + 50: Sebrae aposta no empreendedorismo
Economia
Caixa paga Auxílio Brasil a cadastrados com NIS final 5
Economia
Simples tem pagamentos prorrogados até 31 de março
Economia
Auxílio Brasil: Caixa paga hoje famílias cadastradas com NIS final 3
Economia
Caixa paga hoje Auxílio Brasil para cadastrados com NIS terminado em 2
Economia
Brasil encerrou 2021 com recorde de endividados

Mais Lidas

Polícia
Homem passa mal e morre na casa da mãe
Polícia
Irmãos matam pai a pauladas por acharem que ele matou a mãe deles
Comportamento
Murilo abre mão de bens na divisão do patrimônio de Marília, diz colunista
Polícia
Homem esfaqueado no peito pela esposa no Noroeste morre no hospital