Menu
Busca quinta, 27 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Economia

Funsat oferece vagas de emprego a deficientes

15 agosto 2011 - 10h27Arquivo

Nesta quinta-feira (18), a Funsat realiza seleção de trabalhadores com deficiência para 19 vagas de Operador de Atendimento Receptivo/Telemarketing. A seleção é destinada às pessoas com deficiência física e deficiência parcial - membros inferiores, um membro superior, amputação, cadeirante ou intelectual.

Para pessoas com deficiência física – cadeirante/membros inferiores – também são oferecidas 8 vagas para Suporte Técnico/Telemarketing.

Para concorrer às vagas, é necessário ter o ensino médio completo e não é exigida experiência. O candidato interessado deve comparecer na sede da Fundação com os documentos pessoais, carteira de trabalho e atestado médico com CID (Cadastro Internacional de Doença).

A seleção será realizada na sede da Funsat, localizada na Avenida Eduardo Elias Zahran, 1581- Jardim TV Morena, no Auditório "José Rodrigues", às 8h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone: 3314 5042.

Jacarezão

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Coronavírus muda sistema de negócios no comércio exterior
Economia
MS ocupa 3° lugar em ranking de Estados que mais investem, aponta Ipea
Economia
Bancos passam a cobrar dólar do dia da compra com cartão
Economia
Carnaval deve movimentar R$ 8 bi na economia por causa do turismo
Economia
Mega-Sena acumula e próximo sorteio é de R$ 200 mi
Economia
Dolár bate recorde histórico de cotação e chega a R$ 4,40
Economia
Arrecadação de impostos de R$ 174,9 bi é recorde para mês de janeiro
Economia
Inflação no comércio em fevereiro é a menor em 26 anos
Economia
Dólar alivia e apresenta queda singela na última semana
Economia
Receita inicia nesta semana a restituição do lote residual do IRPF

Mais Lidas

Geral
Governo pagará salários de servidores no sábado
Esportes
Águia Negra se mantém líder no campeonato sul-mato-grossense
Esportes
Martín Benítez chega ao Rio para jogar no Vasco
Saúde
SES registra seis notificações por suspeita de coronavírus na capital