Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo coronavirus 01
Economia

Funtrab já encaminhou mais de 8 mil trabalhadores este ano

26 março 2011 - 12h17
Campo Grande (MS) – Em 2011, a Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab) já encaminhou 8.841 trabalhadores para o mercado de trabalho. Em janeiro, foram empregadas 1.269 pessoas, e em fevereiro, 1.158 trabalhadores. Segundo dados do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), neste ano, 9.284 trabalhadores foram mantidos no mercado formal; o mês de fevereiro apresentou o melhor resultado da série histórica, com 5.391 empregos com carteira assinada. Com um crescimento de 1,27% em fevereiro, Mato Grosso do Sul tem uma das melhores variações entre os 26 Estados e o Distrito Federal. Em comparação com o mês de janeiro, o Estado ficou com a quarta melhor variação no País. A auxiliar administrativa Bruna Delmondes obteve uma oportunidade de trabalho por intermédio da Fundação. “Realizei meu cadastro pela internet, compareci à Funtrab para uma entrevista de triagem, e no dia 15 de fevereiro fui encaminhada para a empresa em que estou trabalhando,” comemora. Além da intermediação, nos dois primeiros meses do ano a Funtrab emitiu 3.485 Carteiras de Trabalho e forneceu entrada ao seguro-desemprego para 4.770 trabalhadores. Ranking de municípios Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) relatam que entre as cidades do Estado com mais de 30 mil habitantes Campo Grande lidera o ranking de geração de postos de trabalho com um saldo de 1.051 postos, seguida de Dourados, que obteve saldo de 718 empregos mantidos. E, sucessivamente, outros municípios do Estado mantêm a lista de melhores desempenho de postos de trabalhos, como de Três Lagoas (256), Naviraí (181), Ponta Porã (177), Corumbá (138), Paranaíba (124), Nova Andradina (108), Aquidauana (52) e Coxim (45). Fonte: Notícias MS
PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Novo Toque de Recolher muda funcionamento dos shoppings de CG
Economia
Valor do leite sofre reajuste de 18% em MS durante a pandemia
Economia
230 mil empresários receberam indevidamente o auxílio de R$600, aponta TCU
Economia
Junho tem o maior volume de vendas do ano, diz Receita Federal
Economia
BNDES disponibiliza R$5 bi para micro, pequenas e médias empresas
Economia
Fiems e Banco do Brasil anunciam linha de crédito emergencial para empresários
Economia
Procon encontra variações de até 897% nos preços de produtos de inverno
Economia
Produção de petróleo em maio caiu devido pandemia
Economia
AO VIVO - Entidades orientam empresário a obter empréstimos de emergência
Economia
Crédito emergencial para empresas será anunciado nesta quarta

Mais Lidas

Geral
Jovem morre após ser atingido na cabeça por peça de 20kg
Acidente aconteceu em um armazém de grão na cidade de Rio Brilhante
Política
Simone e Nelsinho avaliam como positiva escolha do novo ministro da Educação
Esportes
Botafogo de Ribeirão vê ilegalidade na volta do Campeonato Paulista
Geral
Sindicato do Detran alerta: terceirização vai encarecer vistorias