Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Governador, senadores e setor comercial se reúnem para defender política econômica estadual

03 maio 2011 - 09h53Rachid Waqued

O governador André Puccinelli reuniu-se ontem, pela manhã, com o senador Waldemir Moka, senadora Marisa Serrano e com representantes da classe comercial e industrial de Mato Grosso do Sul para defender a política econômica e tributária de Mato Grosso do Sul.

Um dos pontos discutidos na reunião foi a defesa de medidas que contribuam para a economia de Mato Grosso do Sul e que são objeto de projeto de lei que está tramitando no Congresso Nacional, entre eles o fim da arrecadação do ICMS do gás. Medidas estabelecem que o gás boliviano seja cobrado no destino, acarretando em prejuízos de R$ 50 milhões mensais em Mato Grosso do Sul.

“A reunião das classes representativas do comércio e da indústria, do governo do Estado e dos senadores, é para defender interesses de Mato Grosso do Sul e que são objetos do governo federal na tentativa de se iniciar a reforma tributária”, afirmou Jader Rieffe Julianelli Afonso, superintendente de Administração Tributária da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

Algumas medidas podem prejudicar a arrecadação em Mato Grosso do Sul, por isso o governo do Estado e o segmento empresarial estão se unindo para defender pontos em comum, entre eles proteger o mercado interno e aumentar a arrecadação.

Também foram abordadas, durante a reunião, questões relacionadas ao Simples Nacional, o prazo do crédito do FIS e Cofins e a desoneração da folha de pagamento.

Estiveram presentes na reunião, além dos senadores e do superintendente de Administração Tributária, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados, Antônio Freire; presidente da Associação das Microempresas, João Ramos Martins; presidente da ACPP Ponta Porã, Evaldo Pavão Senger; 1º secretário da Associação Comercial de Campo Grande, Roberto Oshiro; presidente CDL Campo Grande, Ricardo Massaharu Kuninari; diretor da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Omar Auka.

Além do superintendente do Sebrae, Cláudio George Mendonça; 1º vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, João Carlos Polidoro; diretor Executivo da Faems, Luis Fernando A. G. Pereira; consultor Fecomércio, Fernando Camilo; presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen; presidente da CRC, Carlo Oliveira e o presidente da Sescon, Ruberlei Bulgarelli.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Arrecadação mostra recuperação da economia brasileira
Economia
Seguro facultativo garante benefícios a quem não exerce atividade remunerada
Economia
Acima de R$ 4,12, dólar fecha no maior valor em quase um ano
Economia
Julho registra abertura de 43,8 mil postos de trabalho
Economia
Ministério da Economia corta despesas para garantir serviços essenciais
Economia
Bolsonaro diz que vai ouvir Guedes sobre novo imposto
Economia
Aumento na conta de luz pressiona inflação para os mais pobres
Economia
Financiamento imobiliário com taxas diferenciadas é anunciado pelo BB
Economia
Índice de confiança do empresário tem alta pelo 3º mês seguido
Economia
Fiems apresenta aos militares do exército potencial econômico de MS

Mais Lidas

Geral
Mulher tem dedo amputado enquanto fazia compras
Fim de Semana
Esquadrilha da Fumaça se apresenta em Campo Grande neste domingo
Polícia
Vídeo - Peão morre após ser pisoteado por touro em rodeio
Esportes
Vídeo- Após capotar no Rally Sertões, Caio Castro tranquiliza fãs