Menu
Busca terça, 13 de abril de 2021
(67) 99647-9098
Governo Balada - topo - abril21
Economia

Governador, senadores e setor comercial se reúnem para defender política econômica estadual

03 maio 2011 - 09h53Rachid Waqued

O governador André Puccinelli reuniu-se ontem, pela manhã, com o senador Waldemir Moka, senadora Marisa Serrano e com representantes da classe comercial e industrial de Mato Grosso do Sul para defender a política econômica e tributária de Mato Grosso do Sul.

Um dos pontos discutidos na reunião foi a defesa de medidas que contribuam para a economia de Mato Grosso do Sul e que são objeto de projeto de lei que está tramitando no Congresso Nacional, entre eles o fim da arrecadação do ICMS do gás. Medidas estabelecem que o gás boliviano seja cobrado no destino, acarretando em prejuízos de R$ 50 milhões mensais em Mato Grosso do Sul.

“A reunião das classes representativas do comércio e da indústria, do governo do Estado e dos senadores, é para defender interesses de Mato Grosso do Sul e que são objetos do governo federal na tentativa de se iniciar a reforma tributária”, afirmou Jader Rieffe Julianelli Afonso, superintendente de Administração Tributária da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

Algumas medidas podem prejudicar a arrecadação em Mato Grosso do Sul, por isso o governo do Estado e o segmento empresarial estão se unindo para defender pontos em comum, entre eles proteger o mercado interno e aumentar a arrecadação.

Também foram abordadas, durante a reunião, questões relacionadas ao Simples Nacional, o prazo do crédito do FIS e Cofins e a desoneração da folha de pagamento.

Estiveram presentes na reunião, além dos senadores e do superintendente de Administração Tributária, o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Dourados, Antônio Freire; presidente da Associação das Microempresas, João Ramos Martins; presidente da ACPP Ponta Porã, Evaldo Pavão Senger; 1º secretário da Associação Comercial de Campo Grande, Roberto Oshiro; presidente CDL Campo Grande, Ricardo Massaharu Kuninari; diretor da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Omar Auka.

Além do superintendente do Sebrae, Cláudio George Mendonça; 1º vice-presidente da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, João Carlos Polidoro; diretor Executivo da Faems, Luis Fernando A. G. Pereira; consultor Fecomércio, Fernando Camilo; presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), Sérgio Longen; presidente da CRC, Carlo Oliveira e o presidente da Sescon, Ruberlei Bulgarelli.

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril
Economia
Prazo para contestar auxílio emergencial negado termina hoje
Economia
Em reunião Senador Nelsinho Trad tenta destravar R$ 67,7 milhões para MS
Economia
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro
Economia
Auxílio Emergencial, como sobreviver com esse valor? Veja dicas
Economia
MS fecha fevereiro com saldo positivo em geração de empregos na indústria
Economia
Pandemia "impede" energia mais cara no MS
Educação
MS garante mais de R$ 6,4 mi para bolsas de mestrado, doutorado e pós
Economia
Nova rodada do auxílio emergencial começa a ser paga hoje; veja calendário
Economia
Auxílio emergencial: Foi aprovado? Confira as datas do pagamento do benefício

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio