Menu
Busca quinta, 24 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Economia

Governo suspeita que compra de refinaria favoreceu sócia

24 março 2014 - 11h19Via Terra
O governo federal e a Petrobras suspeitam que a “Cláusula Marlim”, que obrigava a estatal a garantir uma rentabilidade mínima de 6,9% à Astra Oil no negócio envolvendo a refinaria de Pasadena (EUA), foi feita para beneficiar diretamente a empresa belga, de acordo com informações publicadas pela Folha de S. Paulo nesta segunda-feira. A disputa judicial entre as empresas começou em 2008, quando a presidente Dilma Rousseff, até então do Conselho de Administração da Petrobras, ordenou à estatal que não cumprisse a cláusula em função do percentual elevado.

Em reunião em 2008, conselheiros registraram omissão dessa cláusula no parecer da diretoria internacional da petroleira brasileira apresentado dois anos antes para embasar o negócio. Irritada com a situação, Dilma determinou que a cláusula não fosse cumprida e, a partir disso, começou a disputa judicial entre as sócias, que terminou com derrota da Petrobras. Segundo o jornal, a cláusula “Put Option”, que obrigava uma sócia a comprar a parte da outra em caso de desacordo entre as partes, também não estava no sumário apresentado ao conselho da Petrobras em 2006.

Compra

Em 2006, quando fazia parte do Conselho de Administração da petroleira, Dilma votou a favor da compra de 50% da refinaria de Pasadena pelo valor total de US$ 360 milhões. Contudo, o preço que a Petrobras pagou à Astra Oil por 50% da refinaria foi oito vezes maior do que o valor pago pela empresa belga pela unidade inteira, no ano anterior. A Petrobras também teve de desembolsar mais US$ 820,5 milhões para concluir o negócio, pois foi obrigada a comprar os outros 50% da refinaria em função da cláusula que estabelecia que, em caso de desacordo, um sócio deveria comprar a parte do outro. A compra é investigada pelo Tribunal de Contas da União, Ministério Público do Rio e pela Polícia Federal.
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Vídeo mostra protesto em Pedro Juan
Economia
FGTS está na conta dos trabalhadores nascidos em dezembro
Economia
Nascidos em julho recebem auxílio hoje e poderão sacar em outubro
Economia
Brasil e Paraguai assinam acordo para reabrir a fronteira
Economia
Pagamentos do Ciclo 1 do auxílio emergencial estão concluídos
Economia
Sidrolândia ganha unidade produtora de leitões que vai gerar 100 empregos
Economia
Caixa paga auxílio para 3,9 mi de beneficiários hoje; veja quem recebe
Economia
Comércio na fronteira terá liberação "meia boca"
Economia
Caixa paga abono salarial nesta segunda; veja quem recebe
Economia
FGTS: Caixa deposita hoje para trabalhadores nascidos em novembro

Mais Lidas

Polícia
Dois são presos tentando entrar com drogas em presídio
Polícia
Iagro aprende 120 cabeças de gado e documentação falsa
Polícia
Operação contra o jogo do bicho vaza e é antecipada
Polícia
No Pernambuco, bandido usa nome de campo-granense para comprar celular