Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 99647-9098
TJMS Topo
Economia

Índice de confiança do empresário tem alta pelo 3º mês seguido

Indicador está acima da média histórica, de 54,5 pontos, segundo pesquisa da CNI

20 agosto 2019 - 18h00Rauster Campitelli, com informações da Agência Brasil

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) subiu pela terceira vez seguida e chegou a 59,4 pontos no mês de agosto. O indicador está acima da média histórica, de 54,5 pontos. Pesquisa divulgada hoje (20) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) aponta que “a confiança segue elevada”.

Os indicadores do levantamento variam de zero a 100 pontos. Quando estão acima dos 50 pontos, significa que os empresários estão confiantes. Segundo a pesquisa, a confiança melhorou para todos os portes de empresas. Nas médias, e, sobretudo nas grandes empresas, está acima da média nacional.

Nas grandes empresas, o Icei registrou 59,7 pontos este mês. Nas médias indústrias, ficou em 59,5 pontos e, nas pequenas, em 58,8 pontos. O levantamento indicou ainda que o índice é maior na indústria extrativa, segmento em que alcançou 62,8 pontos. Na indústria de transformação ficou em 59,5 pontos e, na construção, em 58,5 pontos.

“O aumento do otimismo neste mês é resultado da melhora da percepção das condições atuais dos negócios e do aumento do otimismo sobre o desempenho das empresas e da economia nos próximos seis meses”, diz a CNI.

Para o economista da CNI Marcelo Azevedo, a melhora da percepção das expectativas dos empresários reflete as notícias positivas para a economia. “Há uma sequência de boas notícias: a queda dos juros, a liberação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e a aprovação em segundo turno da reforma da Previdência”, disse.

O estudo mostra que a confiança é maior na Região Norte, onde subiu 4,0 pontos e atingiu 61,7 pontos. No Nordeste, o índice ficou em 59,6 pontos, no Sudeste, em 58,5 pontos, no Sul, 54,9 pontos e, no Centro-Oeste, em 59,2 pontos.

A pesquisa foi realizada entre 1º e 13 de agosto, com 2.451 empresas, sendo 945 pequenas, 917 médias e 589 de grande porte.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Prazo para pagamento das parcelas do FCO é prorrogado
Economia
Guedes conversa com Gilmar Mendes e deve acelerar pagamento dos R$ 600
Economia
Governo reduz contribuições pagas ao Sistema S por três meses
Economia
Desemprego sobe para 11,6% em fevereiro
Economia
Auxílio emergencial ainda não está disponível para saque
Economia
Guedes diz que prefere isolamento, mas que economia não aguenta dois meses parada
Economia
Servidores estaduais irão receber a partir desta terça-feira
Economia
Prazo para saque imediato de até R$ 998 do FGTS termina nesta terça
Economia
Senado define data de votação do auxílio de R$ 600 para trabalhadores
Economia
Saiba quem pode obter auxílio de R$ 600 do Governo Federal

Mais Lidas

Cidade
Secretário apresenta plano para reabrir o comércio a partir de segunda
Economia
Prazo para pagamento das parcelas do FCO é prorrogado
Cidade
Forças Armadas realizam descontaminação no aeroporto da capital
Política
Marquinhos anuncia volta às aulas em maio e decreta momento de oração