Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021
(67) 99647-9098
Governo Balada - topo - abril21
Economia

Índice de famílias endividadas dispara para 77% na Capital

29 setembro 2011 - 09h36Arquivo

Neste mês o índice de famílias campo-grandenses endividadas atingiu o maior nível histórico: 77%, segundo a Pesquisa do Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC) divulgada pela Confederação Nacional do Comércio e Bens, Serviços e Turismo (CNC). O índice vai na contramão do País.

"Reflete também a demanda reprimida porque durante vários meses deste ano as vendas em Mato Grosso do Sul ficaram abaixo da média nacional e agora as pessoas voltaram a comprar", avalia o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Mato Grosso do Sul, Edison Ferreira de Araújo. Além disso, Edison observa que a questão está diretamente relacionada ao nível de emprego. Com maior estabilidade e renda, as pessoas assumem mais compromissos a prazo.

De acordo com a PEIC, em agosto o índice de famílias endividadas era de 52%. Em números absolutos o salto foi de 128.228 para 190.505 famílias que têm compromissos como cheque pré-datado, cartões de crédito, carnês de lojas, empréstimos pessoal, prestações de carro e seguros.

Um dado que preocupa, porém, é que o índice de famílias com contas em atraso passou de 26% a 43% e das que disseram que não terão condições de pagar foi de 8% a 15%. O cartão de crédito continua representando o principal credor destas famílias, 52,8% disseram que têm compras a prazo no cartão os carnês aparecem na sequencia, apontados por 32% e em terceiro o crédito pessoal, 13,6%. A maioria das famílias, 37%, está comprometida com as dívidas por mais de um ano e para 39,6% o comprometimento de renda com as parcelas fica entre 11% e 50%.

APP JD1_apple

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Auxílio Emergencial: Começa hoje pagamento para beneficiários do Bolsa Família
Economia
"Preservar setor e manter renda", diz Riedel sobre prorrogar ICMS de bares e restaurantes
Economia
Governo propõe salário mínimo de R$ 1.147 em 2022
Economia
Nascidos em maio recebem auxílio emergencial nesta quinta
Economia
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em abril
Economia
Prazo para contestar auxílio emergencial negado termina hoje
Economia
Em reunião Senador Nelsinho Trad tenta destravar R$ 67,7 milhões para MS
Economia
Caixa paga hoje auxílio emergencial a nascidos em fevereiro
Economia
Auxílio Emergencial, como sobreviver com esse valor? Veja dicas
Economia
MS fecha fevereiro com saldo positivo em geração de empregos na indústria

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio