Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021
(67) 99647-9098
Governo Futebol
Economia

Indústria de MS abre 9,6 mil postos de trabalho em 5 meses

29 junho 2011 - 10h04Arquivo

Com saldo de 1.600 empregos formais criados no mês de maio, o setor industrial de Mato Grosso do Sul, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, já abriu 9.665 novos postos formais de trabalho nos primeiros cinco meses deste ano, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems com base nos dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério do Trabalho e Emprego.

No período, os segmentos que ofereceram mais vagas foram indústria de transformação, com 6.086 vagas, construção civil, com 3.051, serviços industriais de utilidade pública, com 290 vagas, e indústria extrativa mineral, com 238 vagas. Ainda conforme o levantamento do Radar Industrial da Fiems, no ano, a indústria registra a maior participação sobre o saldo total de empregos formais criados em Mato Grosso do Sul.

Para se ter idéia, entre os meses de janeiro e maio, o setor industrial sul-mato-grossense já corresponde por 42,3% do total de novos empregos criados no Estado, tendo, na seqüência, os setores de serviços, com 7.344 vagas ou 32,1%, e agropecuária, com 4.156 vagas ou 18,2% do total de novos empregos criados em Mato Grosso do Sul em 2011.

Estoque total

Com o saldo acumulado em maio de 2011, Mato Grosso do Sul obteve a marca de 583,6 mil postos formais de trabalho, indicando uma elevação equivalente a 5,43% sobre o estoque total verificado ao fim de 2010. Na mesma comparação, o estoque por setor econômico passou a ser de 151,4 mil postos formais de trabalho no setor de serviços (+5,39%), 133,9 mil empregos na administração pública (-0,45%), 123,3 mil na indústria (+8,50%), 109,1 mil no comércio (+1,66%) e 65,9 mil na agropecuária (+6,57%).

Além disso, com o estoque total de 123,3 mil postos formais de trabalho da indústria em Mato Grosso do Sul, o setor mantém a parcela de 21% de todo o emprego formal existente no Estado, ficando atrás somente dos serviços (26%) e da administração pública (23%), com um total de 151,4 e 133,9 mil empregos formais, respectivamente. Até o momento, com o desempenho ocorrido ao longo de 2011, o setor industrial em Mato Grosso do Sul tem registrado sucessivos recordes no estoque total de empregos formais.

Índice

O Índice de Evolução do Emprego Formal na Indústria, na posição verificada em maio, foi de 180,7 pontos, indicando um crescimento de 81% sobre o estoque do ano base de 2005, quando o setor empregava 68.269 trabalhadores e agora emprega 123.392. Na mesma comparação, o setor de serviços apresentou um índice de 151,8 pontos e crescimento de 52%, o comércio com 136,3 pontos (+36%), a agropecuária com 119,9 pontos (+20%) e administração pública com 115,2 pontos (+15%). No caso do emprego formal total em Mato Grosso do Sul, o índice de evolução alcançou a marca 139,2 pontos (+39%).

Constata-se, deste modo, que no período compreendido entre 2005 e 2011, até o mês de maio, o ritmo de expansão do emprego formal na indústria em Mato Grosso do Sul foi 30% maior que aquele apresentado pelo conjunto da economia estadual. Na mesma comparação, em relação aos segmentos de serviços, comércio, agropecuária e administração pública, o ritmo de expansão da indústria foi maior em 19%, 33%, 51% e 57%, respectivamente.

Por fim, na comparação com o mês imediatamente anterior, os índices de evolução do emprego formal nos serviços, indústria, comércio e agropecuária apresentaram desempenhos equivalentes a 2,5%, 1,5%, 0,7% e 0,7%, respectivamente. Já a administração pública, na mesma comparação, apresentou redução em seu índice equivalente a 0,1%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Governo autoriza cessão da Gruta do Lago Azul ao município de Bonito
Economia
Governo federal lança sistema para simplificar a abertura de empresas
Economia
Nascidos em setembro podem sacar parcela do auxílio nesta quarta
Economia
Pagamento do calendário 2021 do Bolsa Família começa nesta segunda
Economia
Caixa libera saque do auxílio emergencial para nascidos em agosto
Economia
Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 17 milhões
Economia
Depois de 17 anos, Paulo Ponzini volta à Presidência do Corecon-MS
Economia
Número de pessoas inadimplentes cai no fim de 2020
Economia
A partir desta quinta, gás de cozinha vai ficar 6% mais caro
Economia
Nascidos em março podem sacar auxílio nesta segunda

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio