Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - Junho21
Economia

INSS terá novos prazos a partir do dia 10; veja quais são

Período para análise terá limites de 30 a 90 dias, de acordo com o tipo de benefício ou auxílio solicitado

08 junho 2021 - 10h26Gabrielly Gonzalez, com R7

A partir desta quinta-feira, dia 10 de junho, passa a vigorar acordo firmado entre o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e o Ministério Público Federal, homologado pelo Supremo Tribunal Federal, para fixar prazos na tentativa de diminuir a fila de espera por benefícios. O período para análise terá limites de 30 a 90 dias, de acordo com o tipo de benefício ou auxílio solicitado.
Com aumento do estoque dos benefícios previdenciários e assistenciais, que passou de 1,7 milhão em janeiro para 1,9 milhão em maio, o tempo de espera superou 100 dias. O INSS tem analisado em média 800 mil benefícios por mês. Além disso, também há registro de fila de requerimentos aguardando perícia médica de 520.510 segurados.

O prazo máximo previsto em lei é de 45 dias, mas, com o acordo entre o INSS, MPF e DPU homologado pelo STF, novos prazos foram estabelecidos. O acordo prevê que todos os prazos não devem ultrapassar 90 dias e podem variar conforme a espécie e o grau de complexidade do benefício.

O prazo para realização da perícia médica e da avaliação social para benefícios como o BPC, pago a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda, permanecerá suspenso enquanto perdurarem efeitos da pandemia da covid-19 que impeçam o pleno retorno dessas atividades.

Veja quais são os novos prazos do INSS

- Salário-maternidade: 30 dias

- Aposentadoria por invalidez comum e acidentária: 45 dias

- Auxílio-doença comum e por acidente do trabalho: 45 dias

- Pensão por morte: 60 dias

- Auxílio-reclusão: 60 dias

- Auxílio-acidente: 60 dias

- Benefício assistencial à pessoa com deficiência: 90 dias

- Benefício assistencial ao idoso: 90 dias

- Aposentadorias, salvo por invalidez: 90 dias

Pelo acordo, os prazos para o cumprimento de decisões judiciais serão os seguintes (considerados a partir da intimação do INSS):

- Benefícios por incapacidade: 25 dias

- Benefícios assistenciais: 25 dias

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Nascidos em setembro podem sacar auxílio emergencial a partir de hoje
Economia
Sete dicas para proteger seu bolso da aceleração da inflação
Economia
Nascidos em agosto podem sacar 2ª parcela da nova rodada do auxílio
Economia
Beneficiários nascidos em julho podem sacar auxílio nesta quinta
Economia
Nascidos em junho podem sacar auxílio emergencial
Economia
Nascidos em maio podem sacar auxílio a partir desta terça
Economia
Marquinhos entrega proposta de microcrédito para pequenos empreendedores
Economia
Caixa reduz parcelas de financiamento habitacional
Economia
Nascidos em abril podem sacar auxílio emergencial
Economia
Nascidos em março podem sacar auxílio nesta quarta

Mais Lidas

Cidade
Marquinhos autoriza comércio a operar
Geral
AO VIVO: Motorista é preso após tombar caminhão ao lado do Damha
Brasil
Criança morre após ser picada por escorpião
Geral
Governo manda prefeitos "assumirem seus atos"