Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Economia

Linha de transmissão promove comércio com o Paraguai

30 outubro 2013 - 06h32Via Portal Brasil
A presidenta Dilma Rousseff inaugurou no Paraguai, a linha de transmissão elétrica de 500 kV entre Itaipu e Villa Hayes, no Paraguai. A cerimônia ocorreu na subestação da margem paraguaia do complexo hidrelétrico binacional de Itaipu, no município de Hernandárias, ao lado de Ciudad del Este, na fronteira com Foz do Iguaçu.

De acordo com a presidenta, “a linha de transmissão elétrica promoverá uma aceleração virtuosa de fluxo de comércio entre os países. As empresas instaladas ao longo da linha gerarão empregos, pagarão impostos, aumentarão a renda disponível, movimentarão a economia e auxiliarão o crescimento da taxa de crescimento econômico”, afirmou Dilma.

A linha de transmissão elétrica é o terceiro maior projeto de infraestrutura do Paraguai e cobrirá mais de 25% de demanda por eletricidade do Paraguai. "Com investimentos de cerca de US$ 320 milhões, este é o maior projeto já realizado com recursos do Fundo para a Convergência Estrutural e Fortalecimento Institucional do Mercosul (FOCEM)", afirmou Dilma em referência ao FOCEM, que tem por finalidade aprofundar o processo de integração regional no Cone Sul, por meio da redução das assimetrias, do incentivo à competitividade e do estímulo à coesão social entre os países-membros do bloco. “Na nova América do Sul que estamos construindo, é preciso conceber as relações entre Brasil e Paraguai como parte de um projeto maior” reforçou.

Ainda de acordo com a presidenta, a construção do empreendimento pela parceria bilateral entre Brasil e Paraguai mostra a força do Mercosul. "A integração da região é prova de que o Mercosul está forte e não se limita a comércio, mas promove o desenvolvimento das nações”.

Combate à pobreza
Em seu discurso fez uma comparação e elogiou programas de transferência de renda dos dois países, Bolsa Família e Brasil Sem Miséria, ambos do Brasil, e o Criando Oportunidades, do Paraguai. “Os programas mostram que trilhamos o mesmo caminho no campo social. Que uma forte parceria permita que possamos reduzir ainda mais desigualdades", finalizou.

Linha de transmissão
O novo sistema de transmissão vai ampliar a capacidade do país vizinho de aproveitamento da energia produzida pela usina hidrelétrica de Itaipu. Quase toda a obra foi financiada pelo Fundo para a Convergência Estrutural do Mercosul (Focem), com contrapartida de 15% do Paraguai. O custo total foi de US$ 320 milhões, incluindo US$ 15,8 milhões na ampliação da subestação da margem direita, US$ 165 milhões nas linhas de transmissão e US$ 105 milhões para a construção da subestação de Villa Hayes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Nascidos em julho recebem auxílio hoje e poderão sacar em outubro
Economia
Brasil e Paraguai assinam acordo para reabrir a fronteira
Economia
Pagamentos do Ciclo 1 do auxílio emergencial estão concluídos
Economia
Sidrolândia ganha unidade produtora de leitões que vai gerar 100 empregos
Economia
Caixa paga auxílio para 3,9 mi de beneficiários hoje; veja quem recebe
Economia
Comércio na fronteira terá liberação "meia boca"
Economia
Caixa paga abono salarial nesta segunda; veja quem recebe
Economia
FGTS: Caixa deposita hoje para trabalhadores nascidos em novembro
Economia
Economista aponta três fatores para aumento no preço dos alimentos
Economia
Veja quem recebe o auxílio emergencial nesta sexta

Mais Lidas

Geral
MS aumenta rigor e autuações contra queimadas já superam ano de 2019
Polícia
Queda de árvore queimada em rodovia causa acidente que deixa 12 mortos
Clima
Chuva foi pequena, mas ocorreu em 21 municípios de MS
Vídeos
AO VIVO: Acompanhe a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS