Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Longen destaca presença do Senai junto ao setor sucroenergético

26 junho 2011 - 04h45Assessoria

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, destacou a presença do Senai junto ao setor sucroenergético com a qualificação de 1.515 trabalhadores no ano passado e previsão de capacitar mais de 1.700 pessoas até o fim deste ano.

A declaração foi dada por ele, ao participar, na segunda-feira passada (20/06), da cerimônia de lançamento da pedra fundamental da usina de álcool e energia elétrica que o Grupo ETH Bioenergia está construindo em Costa Rica.

"O lançamento dessa pedra fundamental demonstra que o setor se consolida no Estado. Hoje, há a presença do Senai na qualificação dessa mão de obra, tanto para as usinas do Grupo ETH, quanto para as de outros grupos", informou Longen.

De acordo com ele, o segmento industrial conta com mais de 15 mil trabalhadores apenas nas usinas. "Nesse cenário, estamos investindo na adequação da nossa infraestrutura de atendimento, com a abertura de agências profissionais em Nova Alvorada do Sul e Deodápolis", conta.

Longen também menciona que está sendo realizada a reforma, ampliação e modernização do centro de educação de tecnologia em Dourados, aquisição de modernos equipamentos, como a microdestilaria didática de etanol, e a capacitação de técnicos que atendam aos processos industriais.

O presidente da ETH Bioenergia, José Carlos Grubisich, ressalta que Mato Grosso do Sul tem grande importância na estratégia de crescimento do Grupo ETH.

"Com as três unidades agroindustriais – Eldorado, localizada em Rio Brilhante, Santa Luiza, localizada em Nova Alvorada do Sul, e agora Costa Rica – em plena operação, atingiremos no Estado a produção de 1,1 bilhão de litros de etanol e 980 GWh de energia de biomassa por safra", explicou.

Com investimento da ordem de R$ 1 bilhão, a Usina Costa Rica, localizada na estrada que liga o município a Alcinópolis, será inaugurada em outubro deste ano, tendo capacidade de processar 360 milhões de litros de etanol anualmente e gerar 1,8 mil empregos diretos.

Para o presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), Roberto Hollanda Filho, completa que hoje Mato Grosso do Sul conta com 21 usinas em produção e com previsão de outras três entrarem em operação ainda neste ano, já incluindo a unidade de Costa Rica.

O governador André Puccinelli confirmou o apoio do governo estadual à implantação de um pólo de produção de polietileno oriundo da cana-de-açúcar – o plástico verde - pela Braskem, que, assim como a ETH Bionergia, pertence ao grupo Odebrecht.

"Já posso adiantar a concessão de incentivos fiscais e também a doação de terreno para a Braskem, caso a empresa resolva construir uma fábrica de plástico verde no Estado. Temos ainda a vantagem de envolver os municípios na oferta de incentivos fiscais e de mão de obra", disse.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Mega-Sena pode pagar 12 milhões nesta quarta-feira
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Economia
MS é líder do ranking nacional de exportação de tilápia
Economia
Preço do diesel dispara e ultrapassa patamar da greve dos caminhoneiros em 2018
Economia
Comerciamentes venderão produtos sem impostos em feirão nacional
Economia
Governo anunciará bloqueio temporário de verbas na quarta-feira
Economia
Concen e Energisa cadastram famílias na Tarifa Social neste sábado
Economia
Guedes prevê "um outro país" após reforma da Previdência
Economia
Dólar segue em alta cotado a R$ 4,087
Economia
País colherá 50,92 milhões de sacas de café neste ano, prevê Conab

Mais Lidas

Geral
Bosque dos Ipês terá exposição de animais marinhos de dez metros
Clima
Temperatura volta a cair nesta quarta-feira, em Mato Grosso do Sul
Polícia
Massacre deixa seis mortos na fronteira
Política
Reinaldo e Marquinhos apresentam plano para desassorear Parque das Nações