Menu
Busca terça, 29 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Economia

MS registrou quase 600 novas empresas em janeiro, aponta Jucems

08 março 2011 - 10h01
Campo Grande (MS) – Mato Grosso do Sul registrou um número expressivo de abertura de empresas durante o mês de janeiro, conforme aponta um balanço da Junta Comercial do Estado (Jucems). De acordo com dados da entidade, foram oficializadas 598 novas firmas. Em janeiro do ano passado esse número foi de 507 novas empresas e no mês anterior (dezembro de 2010), foram 561. Também foram registradas pela Jucems, 1.018 alterações contratuais de empresas, quase 300 a mais do que no mesmo período de 2010. De acordo com o presidente da Junta Comercial, Vagner Bertolli, “isso é resultado da política de desenvolvimento do Estado. Essas aberturas vêm suprir uma demanda da própria sociedade”. O número de filiais constituídas de empresas no mês de janeiro também merece destaque: conforme levantamento do último mês, divulgado pela Jucems, foram 99 novas filiais constituídas. Para o presidente, Vagner Bertolli, o número provoca um reflexo direto na geração de empregos em Mato Grosso do Sul. Reunião de vogais O resultado do crescimento empresarial no Estado foi apresentado na segunda-feira (28 de fevereiro) durante a primeira reunião dos vogais de 2011, e também a primeira fora do prédio da Jucems. Os vogais realizaram a reunião na Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul (Fiems), em atendimento ao convite do presidente Sérgio Longen. “Fazer as nossas reuniões fora da Jucems foi uma sugestão da Fiems e estamos muito satisfeitos em termos aceitos porque nos permite conhecer as Casas que integram a nossa mesa de vogais”, declarou o presidente da junta comercial. Bertolli lembrou ainda que a Jucems é o berço das novas empresas e que o trabalho dos 18 escritórios regionais e da Sede, em Campo Grande, é dar fluidez a esse processo. “Trabalhamos para garantir rapidez e eficiência para o nosso usuário. Nossa meta é melhorar cada vez mais”, afirmou. Fonte: Notícias MS

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Comércio da fronteira com Paraguai segue fechado
Economia
Extensão do auxílio pagará 1ª parcela a partir de quarta
Economia
Governo anuncia Renda Cidadã, substituto do Bolsa Família
Economia
Nascidos em outubro e novembro recebem nova parcela do auxílio
Economia
Mega-Sena deve pagar R$ 50 milhões neste sábado
Economia
Abertura da fronteira depende de Bolsonaro
Economia
Sebrae lança cartilha para estimular debate do empreendedorismo na campanha
Economia
Caixa deposita auxílio para 4 milhões de brasileiros hoje
Economia
Beneficiários do Bolsa Família recebem hoje parcela de R$ 300 do auxílio
Economia
Vídeo mostra protesto em Pedro Juan

Mais Lidas

Geral
Antecipação do INSS poderá ser pedida sem limitação de distância
Polícia
Mais duas vítimas registraram boletim contra médico ginecologista
Economia
Comércio da fronteira com Paraguai segue fechado
Saúde
Preocupados com a proximidade do feriado, SES alerta que a Covid não está controlada