Menu
Busca sábado, 24 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Selvíria é o segundo município nacional com maior PIB

IBGE coloca cinco cidades de MS entre os 100 municípios com maior produto interno do Brasil

16 dezembro 2018 - 17h23Da Redação com Assessoria

Dentre os 100 municípios do país com maior Produto Interno Bruto (PIB) per capita, Mato Grosso do Sul tem cinco municípios na lista, sendo que a segunda posição no ranking nacional vem do estado: Selvíria. As informações são do levantamento PIB dos Municípios de 2016, divulgado na sexta-feira (14) pelo IBGE.

Com população estimada de 6.469 habitantes, no ano de 2016, Selvíria alcançou renda estimada por pessoa de R$ 306.138,63, perdendo apenas para Paulínia (SP) com R$ 314.637,69. A pesquisa aponta que na época do levantamento a economia da cidade era baseada na energia hidrelétrica, com a Usina Hidrelétrica de Ilha Solteira.

Mas o município ainda contabiliza uma das maiores áreas plantadas de eucalipto do estado, com 110 mil hectares (segundo dados de 2017 do IBGE) e graças a benefícios fiscais concedidos pelo Estado vem atraindo novas indústrias nos últimos anos.

O município deve alcançar o topo do ranking em breve com os investimentos anunciados na produção de tilápias, com a Tilibras, produção de artigos para pets, com a Kelco, e a usina termelétrica Onça Pintada. "O município tem recebido investimentos importantes e desponta como um município com grande potencial para os próximos anos", afirma o titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck.

Os outros municípios do estado que estão entre os maiores do Brasil em renda per capita são: Paraíso das Águas (R$ 92.163,92), Três Lagoas (R$ 79.911,85), Água Clara (R$ 75.878.35) e Costa Rica (R$ 75.311,86).

PIB municípios

Entre os 100 municípios do País com maior PIB, Campo Grande ocupa o 28º lugar na lista, com R$ 25,4 bilhões, o que representa uma participação de 0,41% no PIB nacional. A segunda cidade é Três Lagoas, que vem recebendo novas indústrias com incentivo fiscal estadual, e ficou em 99º na lista (R$ 9,2 bilhões).

Agropecuária e Indústria

Mato Grosso do Sul aparece em destaque na agropecuária, com 14 municípios entre as maiores cidades do País com valores adicionados bruto no setor. Rio Brilhante é o primeiro da lista, com R$ 857,5 milhões, sendo destaque na plantação de cana-de-açúcar. Em seguida vem Maracaju (R$ 726,9 milhões) com produção de soja e milho.

Na indústria, dois municípios do estado aparecem no ranking nacional: Três Lagoas ocupa o 35º lugar, com valor adicionado bruto de cerca de R$ 5,2 bilhões, e Campo Grande (50º lugar), com R$ 3,8 bilhões. A capital também apresenta números positivos em relação ao valor adicionado bruto dos serviços (R$ 12, bilhões) e dos setores de administração, defesa, educação e saúde pública e seguridade social (R$ 4,9 bilhões).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Seguro facultativo garante benefícios a quem não exerce atividade remunerada
Economia
Acima de R$ 4,12, dólar fecha no maior valor em quase um ano
Economia
Julho registra abertura de 43,8 mil postos de trabalho
Economia
Ministério da Economia corta despesas para garantir serviços essenciais
Economia
Bolsonaro diz que vai ouvir Guedes sobre novo imposto
Economia
Aumento na conta de luz pressiona inflação para os mais pobres
Economia
Financiamento imobiliário com taxas diferenciadas é anunciado pelo BB
Economia
Índice de confiança do empresário tem alta pelo 3º mês seguido
Economia
Fiems apresenta aos militares do exército potencial econômico de MS
Economia
Coaf muda para o Banco Central

Mais Lidas

Polícia
Família encontra jovem morto e suspeita é de suicídio
Polícia
Polícia apresenta acusado de estupro e roubo no Jardim Carioca
Polícia
Confusão em tabacaria da Moreninha termina em morte
Polícia
Rapaz é contatado por aplicativo para fazer corrida e desaparece