Menu
Busca domingo, 26 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Selvíria é o segundo município nacional com maior PIB

IBGE coloca cinco cidades de MS entre os 100 municípios com maior produto interno do Brasil

16 dezembro 2018 - 17h23Da Redação com Assessoria

Dentre os 100 municípios do país com maior Produto Interno Bruto (PIB) per capita, Mato Grosso do Sul tem cinco municípios na lista, sendo que a segunda posição no ranking nacional vem do estado: Selvíria. As informações são do levantamento PIB dos Municípios de 2016, divulgado na sexta-feira (14) pelo IBGE.

Com população estimada de 6.469 habitantes, no ano de 2016, Selvíria alcançou renda estimada por pessoa de R$ 306.138,63, perdendo apenas para Paulínia (SP) com R$ 314.637,69. A pesquisa aponta que na época do levantamento a economia da cidade era baseada na energia hidrelétrica, com a Usina Hidrelétrica de Ilha Solteira.

Mas o município ainda contabiliza uma das maiores áreas plantadas de eucalipto do estado, com 110 mil hectares (segundo dados de 2017 do IBGE) e graças a benefícios fiscais concedidos pelo Estado vem atraindo novas indústrias nos últimos anos.

O município deve alcançar o topo do ranking em breve com os investimentos anunciados na produção de tilápias, com a Tilibras, produção de artigos para pets, com a Kelco, e a usina termelétrica Onça Pintada. "O município tem recebido investimentos importantes e desponta como um município com grande potencial para os próximos anos", afirma o titular da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Jaime Verruck.

Os outros municípios do estado que estão entre os maiores do Brasil em renda per capita são: Paraíso das Águas (R$ 92.163,92), Três Lagoas (R$ 79.911,85), Água Clara (R$ 75.878.35) e Costa Rica (R$ 75.311,86).

PIB municípios

Entre os 100 municípios do País com maior PIB, Campo Grande ocupa o 28º lugar na lista, com R$ 25,4 bilhões, o que representa uma participação de 0,41% no PIB nacional. A segunda cidade é Três Lagoas, que vem recebendo novas indústrias com incentivo fiscal estadual, e ficou em 99º na lista (R$ 9,2 bilhões).

Agropecuária e Indústria

Mato Grosso do Sul aparece em destaque na agropecuária, com 14 municípios entre as maiores cidades do País com valores adicionados bruto no setor. Rio Brilhante é o primeiro da lista, com R$ 857,5 milhões, sendo destaque na plantação de cana-de-açúcar. Em seguida vem Maracaju (R$ 726,9 milhões) com produção de soja e milho.

Na indústria, dois municípios do estado aparecem no ranking nacional: Três Lagoas ocupa o 35º lugar, com valor adicionado bruto de cerca de R$ 5,2 bilhões, e Campo Grande (50º lugar), com R$ 3,8 bilhões. A capital também apresenta números positivos em relação ao valor adicionado bruto dos serviços (R$ 12, bilhões) e dos setores de administração, defesa, educação e saúde pública e seguridade social (R$ 4,9 bilhões).

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Alta do petróleo e valorização do dólar aliviam contas públicas
Economia
Cai 2,9 pontos em maio o Índice de Confiança do Consumidor
Economia
Mega-Sena pode pagar 12 milhões nesta quarta-feira
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Economia
MS é líder do ranking nacional de exportação de tilápia
Economia
Preço do diesel dispara e ultrapassa patamar da greve dos caminhoneiros em 2018
Economia
Comerciamentes venderão produtos sem impostos em feirão nacional
Economia
Governo anunciará bloqueio temporário de verbas na quarta-feira
Economia
Concen e Energisa cadastram famílias na Tarifa Social neste sábado
Economia
Guedes prevê "um outro país" após reforma da Previdência

Mais Lidas

Fim de Semana
Gasolina será vendida a R$ 2,50 em dois postos da capital neste sábado
Geral
Vídeo - Motorista chega empurrando o carro para abastecer a R$ 2,50
Polícia
Jovem é morto a machadadas por ex-cunhado na capital
Polícia
Motociclista tenta ultrapassagem e colide com ônibus na capital