Menu
Busca sábado, 25 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Número de indústrias em MS cresce 29,7% em quatro anos

09 dezembro 2011 - 10h42Arquivo

Durante a abertura do 1º Encontro Construindo o Futuro de Mato Grosso do Sul realizada ontem à noite (08/12) pelo Crea-MS, em Campo Grande, o presidente da Fiems, Sérgio Longen, divulgou os números que demonstram o desenvolvimento gerado pelo setor industrial no Estado nos últimos quatro na palestra "Mato Grosso do Sul - Industrialização Gerando Desenvolvimento".

"A indústria estadual vem se consolidando e os números confirmam isso ao apontar crescimento de 29,7% na quantidade de estabelecimentos industriais de 2007 até outubro deste ano, saindo de 7.615 para 9.878. Além disso, no mesmo período, o número de trabalhadores no setor saltou de 90.888 para 126.567, aumento de 38,3%, enquanto as exportações de industrializados se elevaram de US$ 663,1 milhões para US$ 2,4 bilhões, uma alta de 261,9%", pontuou.

Sérgio Longen acrescenta que o avanço da industrialização em Mato Grosso do Sul tem demandando inúmeras ações por parte do Sistema Fiems, por meio do Sesi, Senai e IEL, que procura atuar para que as indústrias possam ser mais competitivas e, assim, possa enfrentar, da melhor maneira possível, a concorrência com os produtos asiáticos. "A cada ano que passa, fica mais difícil competir, em pé de igualdade, com a produção chinesa, que não precisa enfrentar a pesada carga tributária brasileira. Ainda temos de arcar com os pesados custos da energia, que é uma das mais caras do mundo, penalizando o setor produtivo como um todo", enumerou.

Apesar dos percalços encontrados pelo setor ao longo do caminho, o presidente da Fiems reforça que as indústrias têm contribuído para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, onde 15 dos principais municípios já têm o PIB Industrial superior ao PIB Agropecuário. "No próximo ano, vamos implantar o PDR (Programa de Desenvolvimento Regional) para estimular a criação de novos polos industriais nas diversas regiões do Estado. Para identificar esses polos, o PDR vai promover um completo diagnóstico da atividade industrial em todo o Estado, consolidando o mapa das vocações e demandas locais, além de propor soluções capazes de descentralizar o desenvolvimento industrial via incentivos fiscais regionais e abordagem sistêmica dos gargalos impostos pela logística", informou.

Para o presidente do Crea-MS, Jary Castro, os números apresentados pelo presidente da Fiems reforçam que o momento atual é de valorização dos profissionais da área tecnológica pelo importante papel que desempenham no que se refere ao desenvolvimento do Estado. "Além da agropecuária, o Estado passou a ter espaço para outros setores da economia, como a industrialização e a construção civil, que vêm alavancando o crescimento do Estado", destacou durante a abertura do 1º Encontro Construindo o Futuro de Mato Grosso do Sul.

Índice de desenvolvimento

Ainda durante a palestra "Mato Grosso do Sul - Industrialização Gerando Desenvolvimento", Sérgio Longen divulgou o Índice de Desenvolvimento Municipal de Campo Grande, Corumbá, Dourados e Três Lagoas, que foi elaborado pelo Sistema Indústria. Na Capital, os dados apontam que o município apresenta alto índice de desenvolvimento, tendo registrado crescimento de 24% no PIB Industrial entre 2007 e 2008, saindo de R$ 1,25 bilhão para R$ 1,55 bilhão, enquanto o número de indústria saiu de 1.629 em 2007 para 2.207 em 2010, alta de 35%. Já a quantidade de trabalhadores no setor aumentou de 30.941 no ano de 2007 para 43.565 até outubro deste ano, ou seja, elevação de 41%, sendo que as exportações, no mesmo período, cresceram 43%, partindo de US$ 150,3 milhões para US$ 214,8 milhões.

Em Corumbá, o Índice de Desenvolvimento Municipal revela que a cidade tem desenvolvimento moderado, mas com crescimento de 129% no PIB Industrial no período de 2007 a 2008, saindo de R$ 179,3 milhões para R$ 411,4 milhões, enquanto a quantidade de indústrias aumentou 21%, elevando-se de 117 para 141 no período de 2007 a 2010. Com relação ao número de trabalhadores no setor, o aumento foi de 24%, partindo de 2.561 em 2007 para 3.163 até outubro deste ano, sendo que as exportações, no mesmo período, teve elevação de 545%, indo de US$ 94,4 milhões para US$ 609,5 milhões.

Dourados também tem índice de desenvolvimento moderado com crescimento de 21% no PIB Industrial, saindo de R$ 346,5 milhões para R$ 418,3 milhões no período de 2007 a 2008. O número de estabelecimentos industriais saltou de 469 para 573, entre 2007 e 2010, com alta de 22%, enquanto a quantidade de trabalhadores aumento de 7.753 para 11.710 no período de 2007 a outubro deste ano, ou seja, crescimento de 51%. Mesmo índice das exportações, que, no mesmo período, aumentaram de US$ 80,3 milhões para US$ 121,2 milhões.

A cidade de Três Lagoas é outra que tem índice de desenvolvimento moderado, mas registra um crescimento vertiginoso de 6.239% nas exportações no período de 2007 a outubro de 2011, saltando de US$ 7,6 milhões para US$ 484,3 milhões. Com relação ao PIB Industrial, a elevação foi de 24%, saindo de R$ 397,5 milhões em 2007 para R$ 491,9 milhões em 2008, enquanto o número de indústrias cresceu 22%, saindo de 264 em 2007 para 323 em 2010. Já os trabalhadores do setor aumentaram de 9.222 para 11.695 no período de 2007 a outubro de 2011, ou seja, elevação de 27%.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Alta do petróleo e valorização do dólar aliviam contas públicas
Economia
Cai 2,9 pontos em maio o Índice de Confiança do Consumidor
Economia
Mega-Sena pode pagar 12 milhões nesta quarta-feira
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Economia
MS é líder do ranking nacional de exportação de tilápia
Economia
Preço do diesel dispara e ultrapassa patamar da greve dos caminhoneiros em 2018
Economia
Comerciamentes venderão produtos sem impostos em feirão nacional
Economia
Governo anunciará bloqueio temporário de verbas na quarta-feira
Economia
Concen e Energisa cadastram famílias na Tarifa Social neste sábado
Economia
Guedes prevê "um outro país" após reforma da Previdência

Mais Lidas

Cidade
Restaurante Bamboo Sushi é autuado por cobrança excessiva
Geral
Marginal usa OLX para aplicar golpe com WhatsApp de anunciante
Fim de Semana
Gasolina será vendida a R$ 2,50 em dois postos da capital neste sábado
Cidade
Feirão do Imposto terá gasolina a R$ 2,50