Menu
Menu
Busca quarta, 24 de julho de 2024
TJMS Jul24
Economia

Prazo para consolidar dívidas do Refis começa nesta segunda

Informações deverão ser prestadas até o dia 28 deste mês e quem não fizer o procedimento será excluído da renegociação

10 dezembro 2018 - 07h35Da Redação com Agência Brasil    atualizado em 10/12/2018 às 07h40

Os contribuintes que aderiram ao Programa Especial de Regularização Tributária (Pert), também conhecido como Novo Refis, devem prestar as informações à Receita Federal para consolidar o parcelamento na modalidade demais débitos (que exclui as dívidas com a Previdência Social). O prazo começa nesta segunda-feira (10) e vai até o dia 28 de dezambro. Quem não fizer o procedimento será excluído da renegociação.

Na consolidação, o contribuinte deverá indicar os débitos a serem incluídos no parcelamento, com a possibilidade de incluir ou retirar dívidas; a quantidade de parcelas pretendidas e o valor dos créditos tributários – parcela que a Receita Federal deve ao contribuinte – para abatimento no débito total. Se, no momento da adesão ao Pert o contribuinte indicou indevidamente uma modalidade para a qual não tem débitos, será possível corrigir a informação.

O Pert dá desconto nas multas e nos juros e permite o parcelamento de débitos com a União em até 180 meses (cinco meses para parcelar a entrada de 20% do débito total, mais 175 meses para quitar o restante). A adesão ao programa ocorreu ao longo de 2017. Depois do parcelamento da entrada, o contribuinte passou a pagar o restante do débito total informado na adesão, dividido pelo número de parcelas escolhidas, enquanto o valor final da prestação não era consolidado. A parcela mínima equivale a R$ 200 para pessoa física e R$ 1 mil para pessoa jurídica.

Quem pediu a renegociação de débitos com a Previdência Social e fez a consolidação em agosto precisará repetir o procedimento, caso tenha pedido o parcelamento de outros tipos de dívidas com a União. A consolidação pode ser feita nos Centros de Atendimento Virtual (e-CAC) da Receita Federal.

Reportar Erro

Deixe seu Comentário

Leia Também

Site da Receita Federal
Economia
Terceiro lote de restituição do IR 2024 já pode ser consultado
Novo Bolsa Família do Governo Federal
Economia
Beneficiários do NIS final 5 recebem parcela do Bolsa Família nesta quarta
Shopee
Economia
AliExpress e Shopee passarão a cobrar taxa em compras de US$ 50 a partir de sábado
MS teve aumento de 55% nos abates bovinos em 2024, aponta Novilho Precoce
Economia
MS teve aumento de 55% nos abates bovinos em 2024, aponta Novilho Precoce
Novo Bolsa Família
Economia
Beneficiários do NIS final 4 recebem parcela do Bolsa Família nesta terça
Banco Central faz ajustes para aperfeiçoar segurança do Pix
Economia
Banco Central anuncia ajustes para aperfeiçoar segurança do Pix
Foto: Denise Luna/Estadão
Economia
Intenção de consumo das famílias cresce em julho na Capital
Novo Bolsa Família
Economia
Bolsa Família é paga para beneficiários do NIS final 3 nesta segunda
Ministério da Fazenda
Economia
Orçamento de 2024: congelamento de R$ 15 bi será oficializado nesta segunda
Após suspeitas, Ministério da Agricultura descarta novos casos de doença aviária no RS
Economia
Após suspeitas, Ministério da Agricultura descarta novos casos de doença aviária no RS

Mais Lidas

Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Justiça
Cabo da PMMS é condenado por realizar "bicos" durante licença médica
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Educação
Escola Sesi oferta 104 vagas de gratuidade integral na educação básica
Lulu Oliveira
Comportamento
Aos 41 anos, Lulu Oliveira representará MS no Miss Universo Brasil 2024
Sala de atendimento da DEPCA
Polícia
Adolescente é esfaqueado pela mãe e fica com as vísceras expostas na Capital