Menu
Busca quarta, 22 de maio de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Presidente da Petrobras admite que preço da gasolina pode aumentar

26 julho 2011 - 12h00Folhapress

O presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, já admite que o preço da gasolina pode aumentar.

"Provavelmente vamos precisar ajustar o preço doméstico. Esse é um processo que depende essencialmente do comportamento do mercado internacional. Enquanto isso vamos trazer importação. Não vai faltar gasolina no Brasil", afirmou em entrevista ao Jornal da Globo na última segunda-feira (25).

O executivo destaca o aumento da demanda devido à "crise no mercado de etanol e ao aumento na venda de carros flexfuel". "Tivemos aumento de 19% da demanda de gasolina em 2010. Isso fez com que nossa capacidade de produção chegasse ao limite. Nós estamos praticamente no limite das refinarias hoje existentes", completou.

Para dar suporte ao seu plano de investimentos -de US$ 224,7 bilhões de 2011 a 2015-, a Petrobras partiu da premissa de que o preço do petróleo ficará, na média, entre US$ 80 o barril, no cenário mais conservador, e US$ 95, na visão mais otimistas até 2015.

Se a primeira hipótese prevalecer, a estatal terá de captar US$ 91,4 bilhões no mercado nos próximos anos e ampliar mais seu endividamento, já que contará com uma geração menor de caixa (US$ 125 bilhões).

Mas, se o preço do petróleo ajudar e ficar na previsão mais alta, a Petrobras terá de buscar menos recursos no mercado (US$ 67 bilhões) e contará mais com o seu fluxo de caixa (US$ 148,9 bilhões) para financiar seus investimentos.

Neste ano, avalia a estatal, o preço do barril do petróleo Brent ficará em US$ 110. Para Gabrielli, mesmo na hipótese mais conservadora, a estatal não vai ampliar muito seu endividamento e sua taxa de alavancagem (a relação entre dívida e faturamento atingirá 29%) a ponto de comprometer a manutenção do grau de investimento.

Fac Feijoada 2019

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Mega-Sena pode pagar 12 milhões nesta quarta-feira
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Economia
MS é líder do ranking nacional de exportação de tilápia
Economia
Preço do diesel dispara e ultrapassa patamar da greve dos caminhoneiros em 2018
Economia
Comerciamentes venderão produtos sem impostos em feirão nacional
Economia
Governo anunciará bloqueio temporário de verbas na quarta-feira
Economia
Concen e Energisa cadastram famílias na Tarifa Social neste sábado
Economia
Guedes prevê "um outro país" após reforma da Previdência
Economia
Dólar segue em alta cotado a R$ 4,087
Economia
País colherá 50,92 milhões de sacas de café neste ano, prevê Conab

Mais Lidas

Internacional
Peão de MS vence rodeio nos EUA
Economia
No “Dia Livre de Impostos”, capital terá cerveja com metade do preço
Polícia
Com quatro tiros na cabeça, adolescente morre em escola
Polícia
Operação no camelódromo termina com um preso e motos apreendidas