Menu
Busca terça, 20 de outubro de 2020
(67) 99647-9098
Sebrae/mulher
Economia

Receita abre na segunda consultas ao 3º lote de restituições do IR

04 agosto 2011 - 10h49Arquivo

O supervisor nacional do Imposto de Renda da Secretaria da Receita Federal, Joaquim Adir, confirmou que as consultas do terceiro lote de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2011, ano-base 2010, serão abertas na próxima segunda-feira (8). O Fisco ainda não informou, porém, quantas pessoas estarão incluídas neste lote, e nem o valor das restituições.

Assim que abertas, as consultas poderão ser feitas por meio do site da Receita na internet, ou pelo telefone 146. Os valores das restituições, por sua vez, poderão ser sacados a partir do dia 15 de agosto. Ao todo, são sete lotes de restituição, entre junho e dezembro de cada ano.

No primeiro lote do IR deste ano, pago no dia 15 de junho, 1,5 milhão de contribuintes foram contemplados. O valor do pagamento foi de R$ 1,9 bilhão. Por conta do Estatuto do Idoso, o primeiro lote contemplou, principalmente, pessoas com mais de 60 anos (1,3 milhão de idosos). Já no segundo lote, pago em junho, foram contemplados 1,64 milhão de contribuintes, no valor de R$ 1,9 bilhão em restituições.

A ordem de recebimento das restituições do Imposto de Renda tem por base, além do Estatuto do Idoso, a data de entrega da declaração de ajuste anual. Quem enviou o documento primeiro, sem erros ou omissões, recebe a restituição mais cedo. Neste ano, o prazo foi do início de março até o final de abril. Mais de 24 milhões de pessoas enviaram a declaração em 2011.

Centro de Atendimento Virtual

A Receita Federal lembra que os contribuintes não precisam esperar para saber se há inconsistências em sua declaração. Elas podem acessar o extrato do Imposto de Renda, no e-CAC (Centro Virtual de Atendimento ao Contribuinte), para saber se há erros, pendências ou inconsistências em suas declarações.

Para entrar no seu extrato, porém, ele terá de obter um código de acesso. Neste caso, deverá informar o seu CPF, a data de nascimento e os recibos do IR de 2010 e de 2011. Na ausência do recibo, poderá ser pedido o título de eleitor.

Em posse da informação de que há erros ou inconsistências em sua declaração do IR, o contribuinte pode enviar uma declaração retificadora e, com isso, retirar seu CPF da chamada malha fina do leão. Quando entram na malha fina, as declarações dos contribuintes ficam retidas para correção dos erros, e as eventuais restituições são pagas somente após a questão ter sido resolvida - nos chamados lotes residuais do IR.

No extrato do IR, o contribuinte também poderá acompanhar o pagamento do imposto e alterar opções referentes ao débito automático das cotas. Com o serviço, os contribuintes também poderão parcelar débitos em atraso do IR ou outras pendências com a Receita Federal ou a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional.

pax nacional

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Dólar fecha abaixo de R$ 5,60 com recuperação da China
Economia
Cliente da Caixa pode contratar crédito habitacional por aplicativo
Economia
Auxílio é pago para beneficários do Bolsa Família com NIS final 1
Economia
Beneficiários recebem mais uma parcela do Ciclo 3 do auxílio
Economia
Aposta de Santos ganha sozinha mais de R$ 6,6 milhões na Mega-Sena
Economia
Profissionais do esporte tem auxílio emergencial vetado por Bolsonaro
Economia
INSS prorroga benefícios para usuários sem comprovação de vida
Economia
Nascidos em setembro já podem sacar parcela do auxílio
Economia
Caixa paga abono salarial para nascidos em outubro; veja como receber
Economia
Comerciantes se animam com reabertura da fronteira dia 15

Mais Lidas

Geral
Energisa rebate Procon e fala em reclamações improcedentes
Internacional
Jovem é presa tentando entrar com dinamite em presídio onde estão membros do PCC
Política
Ibope - Gestão de Marquinhos tem 52% de aprovação e 16% de rejeição
Política
Projeto do marco legal das startups é encaminhado ao Congresso