Menu
Busca segunda, 06 de fevereiro de 2023
(67) 99647-9098
Economia

Receita e PGFN lançam edital para negociar R$ 150 bi em impostos

Adesões ficarão abertas até 29 de julho

03 maio 2022 - 13h23Brenda Leitte, com Agência Brasil
Sebrae Materia

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) e a Receita Federal lançaram hoje (3), em Brasília, um edital de transação tributária para negociar até R$ 150 bilhões em créditos disputados pelo governo e  contribuintes.

O montante representa a soma de todos os créditos tributários em disputa envolvendo duas das maiores controvérsias jurídicas em litígio na Receita Federal, onde significa uma grande parte (R$ 122 bilhões) de todo o contencioso administrativo em tramitação (R$ 1,7 trilhão). Neste caso, as controvérsias envolvem a consideração de despesas com ágio em participações societárias para o cálculo da amortização de impostos.

As adesões ficarão abertas até 29 de julho. Este é o segundo edital de transação tributária lançado com o objetivo de que tanto contribuintes como o Poder Público abram mão de vencer alguma controvérsia jurídica. O primeiro edital do tipo foi publicado em maio do ano passado.

“O que está sendo ofertado é aquilo que realmente a gente entende que esteja dentro das teses defendidas pela Receita Federal, pela Fazenda Nacional e pelo contribuinte. Havia uma necessidade de composição”, disse o secretário-especial da Receita Federal, Julio Cesar Vieira Gomes.

Lei do Contribuinte Legal

A transação tributária é um dos tipos de negociação regulamentados pela Lei do Contribuinte Legal, aprovada em 2020. Ela é diferente do Programa de Recuperação Fiscal (Refis), sendo mais profunda na análise de cada caso, frisou o procurador-geral da Fazenda Nacional, Ricardo Soriano.

“Na transação tributária a gente avalia a situação financeira do contribuinte, e nós possibilitamos um tratamento diferenciado para aquele que comprovar precisar desse tratamento privilegiado, ou seja, aqueles que economicamente não teriam condições de saldar suas dívidas”, explicou Soriano.

Na sua modalidade mais bem-sucedida, que permite a negociação de créditos tributários inscritos na dívida ativa da União, foram negociados pela Receita, a Fazenda Nacional e os contribuintes mais de R$ 260 bilhões, em um milhão de contratos, de 2020 a abril deste ano.

O edital atual de transação tributária, envolvendo controvérsias jurídicas disseminadas e específicas, pode ser lido no Diário Oficial da União desta terça-feira (3).

Sebrae Materia

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Saldo positivo: Indústria fechou 2022 com mais de 85 mil contratações em MS
Economia
Consulta do abono salarial é liberado; Veja se tem direito
Economia
Consulta de valores do abono salarial será liberada neste domingo
Economia
Brasil registrou quase R$ 6 bilhões em fraudes no e-commerce em 2022
Economia
Americanas afasta diretores para apurar rombo bilionário
Economia
Ele voltou: Após noite de instabilidade, Pix é normalizado
Economia
"Selic de 13,75% é preocupante", diz Longen
Economia
Petrobras anuncia aumento de 17,1% no preço do querosene de aviação
Economia
Professores de MS ganham reajuste de 15% no piso salarial
Economia
Seis acertam Sena da Nota Premiada e levam mais de R$16 mil para casa em MS

Mais Lidas

Polícia
JD1TV: Corpo é queimado em meio ao lixo no Santa Emília
Polícia
Queimado no Santa Emília foi "embrulhado" em sofá para ser carbonizado
Polícia
Jovem é esfaqueado e tem vísceras expostas no Itamaracá
Polícia
Esfaqueamento no Jardim Itamaracá foi motivado por ventilador roubado