Menu
Busca sábado, 24 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Economia

Restituições do último lote do IRPF 2018 serão pagas hoje

Quem não estiver neste lote é poque está na malha fina, segundo a Receita Federal

17 dezembro 2018 - 10h35Da redação com Agência Brasil

A Receita Federal paga nesta segunda-feira (17) as restituições referentes ao sétimo e último lote do Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRPF) de 2018. Este lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017. As consultas foram liberadas no último dia 10. Quem não estiver neste lote é porque está na malha fina.

Conforme a Agência Brasil, o crédito bancário é destinado a 151.248 contribuintes e soma mais de R$ 319 milhões. Desse total, R$ 127.393.752,50 referem-se ao quantitativo de contribuintes que têm prioridade no recebimento: idosos acima de 80 anos, 19.081 contribuintes entre 60 e 79 anos, 3.157 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou doença grave e 9.297 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá ir pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Malha fina

A Receita informa ainda que concluído o processamento dos formulários de 2018, 628 mil declarações ainda estavam retidas na malha fina até o último dia 10, devido a inconsistências nas informações prestadas.

"Desse conjunto de declarações retidas, 70,35% registra imposto a restituir, 25,88% tem imposto a pagar e 3,77% não apresenta imposto a restituir ou a pagar".

Para saber se estão na malha fina, os contribuintes podem acessar o Extrato de Processamento da DIRPF na página da Receita na internet. Para acessar o extrato da declaração, é necessário usar o código de acesso gerado na própria página do Fisco ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

“Ao acessar o extrato, é importante prestar atenção na seção ‘Pendências de malha’. É nessa seção que o contribuinte pode identificar se a declaração está retida em malha fiscal, ou se há alguma outra pendência que possa ser regularizada por ele mesmo”.

Segundo a Receita, se a declaração estiver na malha fiscal, nessa seção, “o contribuinte encontrará links para verificar com detalhes o motivo da retenção e consultar orientações de procedimentos. Constatando erro na declaração apresentada, o contribuinte pode regularizar sua situação apresentando declaração retificadora”.

"Inexistindo erro na declaração apresentada e estando de posse de todos os documentos comprobatórios, o contribuinte pode optar por aguardar intimação ou agendar pela internet uma data e local para apresentar os documentos e antecipar a análise de sua declaração pela Receita Federal. O agendamento para declarações do exercício 2018 começa a partir de janeiro de 2019", informa ainda a Receita Federal.
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Seguro facultativo garante benefícios a quem não exerce atividade remunerada
Economia
Acima de R$ 4,12, dólar fecha no maior valor em quase um ano
Economia
Julho registra abertura de 43,8 mil postos de trabalho
Economia
Ministério da Economia corta despesas para garantir serviços essenciais
Economia
Bolsonaro diz que vai ouvir Guedes sobre novo imposto
Economia
Aumento na conta de luz pressiona inflação para os mais pobres
Economia
Financiamento imobiliário com taxas diferenciadas é anunciado pelo BB
Economia
Índice de confiança do empresário tem alta pelo 3º mês seguido
Economia
Fiems apresenta aos militares do exército potencial econômico de MS
Economia
Coaf muda para o Banco Central

Mais Lidas

Polícia
Polícia apresenta acusado de estupro e roubo no Jardim Carioca
Polícia
Família encontra jovem morto e suspeita é de suicídio
Polícia
Confusão em tabacaria da Moreninha termina em morte
Polícia
Rapaz é contatado por aplicativo para fazer corrida e desaparece