Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Governo dengue 02 - Atitude
Economia

Trabalhos formais avançam mais de 10% no estado

Governo do Estado garantiu a vinda de 66 indústrias para Mato Grosso do Sul

09 dezembro 2018 - 15h34Da redação com assessoria

Em seis anos, o número de trabalhos formais em Mato Grosso do Sul avançou mais de 10%, encerrando 2017 com cerca de 800 mil empregos com carteira assinada, enquanto em 2012 eram 703,8 mil. O montante representa 61,8% do total da população ocupada (1,26 milhão de trabalhadores) no Estado.

O resultado coloca MS na segunda melhor posição no Centro-Oeste e sétimo lugar no ranking nacional em relação a maior proporção de trabalhos formais. Esse índice cresceu no Estado, de 59,9%, em 2012, para 61,8% do total da população ocupada (população a partir de 14 anos com algum tipo de trabalho, seja informal, carteira assinada, empreendedor ou outro) em 2017. No Centro-Oeste, apenas o Distrito Federal tem índice maior, com 69,3%.

Os dados são da “Síntese de indicadores sociais: uma análise das condições de vida da população brasileira”, divulgado nesta semana pelo IBGE. Por trabalho formal, a pesquisa compreende emprego com carteira assinada, militar, funcionário público estatutário, conta própria e empregador que contribuía para a previdência social.

O avanço no número de empregos formais aconteceu principalmente entre as mulheres, com aumento na proporção de 56,3%, em 2012, para 60,8% em 2017, e manteve-se praticamente estável entre os homens. Outro avanço expressivo foi entre as pessoas de cor branca (de 60,7% para 65%).

Desde 2015 o Governo do Estado garantiu a vinda de 66 indústrias para Mato Grosso do Sul e fez a revisão de 1.200 contratos, garantindo a abertura de 12.500 empregos nos próximos anos.

PMCG Refis

Deixe seu Comentário

Leia Também

Economia
Confira: Caixa libera saque do 3º lote para nascidos em julho
Economia
Novo Toque de Recolher muda funcionamento dos shoppings de CG
Economia
Valor do leite sofre reajuste de 18% em MS durante a pandemia
Economia
230 mil empresários receberam indevidamente o auxílio de R$600, aponta TCU
Economia
Junho tem o maior volume de vendas do ano, diz Receita Federal
Economia
BNDES disponibiliza R$5 bi para micro, pequenas e médias empresas
Economia
Fiems e Banco do Brasil anunciam linha de crédito emergencial para empresários
Economia
Procon encontra variações de até 897% nos preços de produtos de inverno
Economia
Produção de petróleo em maio caiu devido pandemia
Economia
AO VIVO - Entidades orientam empresário a obter empréstimos de emergência

Mais Lidas

Polícia
Fiscalização em padaria termina com confusão e gritos de “comunista”
Polícia
Polícia encontra outra cobra de jovem picado por naja
Economia
Confira: Caixa libera saque do 3º lote para nascidos em julho
Polícia
Mulher de Queiroz se apresenta à polícia, diz portal