Menu
Busca quinta, 20 de fevereiro de 2020
(67) 99647-9098
tj ms topo
Educação

Educação do MS fica acima da média nacional, aponta ranking

Estado ficou em 9° lugar na categoria avaliada pelo CLP

22 outubro 2019 - 18h25Sarah Chaves, com informações da assessoria

O Mato Grosso do Sul ocupa o 9° lugar no ranking nacional do Centro de Liderança Pública (CLP), que colocou o Estado entre os 5 estados mais competitivos do País. MS foi avaliado em dez pilares essenciais, entre eles o da educação, responsável por 11,3% da pontuação final do ranking.

Nesse quesito, o Estado avançou uma posição no ranking na comparação com o ano passado, e atingiu pontuação de 55,6 enquanto a média nacional é de 46,4. Para definir a classificação do pilar da educação, foram avaliados diversos indicadores que medem a qualidade da educação, como Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa), taxa de frequência líquida, qualidade nos ensinos fundamental e médio, além do Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB) e do indicador avaliação da educação.

Entre os indicadores, a avaliação da educação que aponta o status dos programas estaduais de avaliação da educação básica é um dos indicadores que colocam Mato Grosso do Sul entre os estados com melhor desempenho, tendo saído do 14° lugar para o 11°. A pontuação de 80,0 está acima da média nacional e representa 10 pontos a mais que o ano passado, e 30 a mais no comparativo com 2017 na categoria.

Para a secretária de educação, Maria Cecília Amêndola da Motta, o avanço nos índices da educação no Estado se deve a um conjunto de ações, entre eles a escola de tempo integral, que reduziu a evasão escolar e promove o desenvolvimento integral dos alunos. “São diversos os fatores que contribuem para que o Estado aponte bom desempenho no pilar educação. A formação das equipes nas regionais, que passaram a formar também outros professores, foi primordial. O elemento principal é o próprio professor, pois através deles que nós chegamos ao aluno e atingimos os objetivos metodológicos”, afirma a secretária que já planeja as formações para 2020. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Segunda chamada do ProUni é divulgada nesta terça-feira
Educação
MEC não pode emitir carteira estudantil a partir desta segunda
Educação
Hércules Maymone se torna o 8º Centro de Educação Profissional do Estado
Educação
Aulas da rede estadual voltam nesta semana
Educação
Último dia para fazer a carteirinha de estudante digital
Educação
Estudantes tem até esse domingo para fazer ID Estudantil de graça
Educação
Estudantes têm até domingo para emitir carteirinha digital
Educação
Inscrições para o Fies terminam nesta sexta
Educação
Inscrições para o Vale Universidade começam em março
Educação
MEC prorroga Fies por mais dois dias

Mais Lidas

Polícia
Salomão, do Procon-MS, recebe ameaça que pode ter vindo da fronteira
Geral
Mulher ameaça se jogar de torre no Guaicurus
Geral
Médica reforça apelo por cuidados preventivos durante carnaval
Polícia
Suzane von Richthofen perde vaga na faculdade por conta de faltas