Menu
Busca domingo, 25 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Educação

Mais de 35 mil alunos são beneficiados com projetos de esporte e arte

A prefeitura lançou neste fim de semana a edição 2019 dos projetos Esporte Escolar, Esporte Adaptado e Arte e Cultura

24 fevereiro 2019 - 09h15Rayani Santa Cruz

 A Rede Municipal de Ensino (Reme) lançou no sábado (23), a edição 2019 dos projetos Esporte Escolar, Esporte Adaptado e Arte e Cultura, desenvolvidos pela Divisão de Esporte, Arte e Cultura (Deac). Aproximadamente 38 mil alunos da rede serão atendidos com as ações dos projetos, mais que o dobro do ano passado, quando foram contemplados 12.753 alunos em 21 modalidades esportivas.

Por meio de aulas extracurriculares, os projetos acontecem no contraturno escolar e possuem diferentes modalidades esportivas coletivas e individuais, além do paradesporto e atividades nas linguagens artísticas, abrangendo as artes visuais, cinema, circo, dança, balé, música e teatro. Este ano serão oferecidos 19 modalidades esportivas e 22 linguagens artísticas e culturais em 94 unidades escolares e 25 EMEI’s.

O lançamento contou com a presença da secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, representantes de federações esportivas, instituições e parceiros que contribuem com a realização dos eventos promovidos ao longo do ano pela Deac, além do presidente da Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), Lucílio Nobre e superintendentes da Semed.  

A secretária de Educação, Elza Fernandes, destacou o empenho da gestão em ampliar a carga horária dos profissionais que atuam nos projetos, para contemplar um número maior de alunos. “Sempre abracei os projetos porque acredito que eles são ferramenta importante no processo de ensino-aprendizagem”, ressaltou. A secretária também revelou que, logo após o Carnaval, nove escolas da Rede passarão a ficar abertas aos sábados para receber atividades recreativas e esportivas, contemplado toda a comunidade escolar.

“Acredito que quando levamos as famílias para dentro das unidades, os resultados são outros porque os pais têm uma visão de pertencimento daquele espaço, além de contribuir com a disciplina do aluno”, disse.

O chefe da Deac, Marcos Antonio Lopes, destacou a importância dos parceiros que viabilizam espaços para a realização das ações e os benefícios de levar os projetos às escolas logo no início do ano letivo. “Isso só foi possível graças ao apoio que nossa equipe sempre teve da gestão. Temos liberdade para trabalhar e criar ações que têm como foco o bem-estar e aprendizado de nossos alunos”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Encceja, saiba como confirmar o local da prova deste domingo
Educação
Edição 2019 do Encceja será realizada no domingo
Educação
Inscrições para o Prouni terminam nesta segunda
Educação
Prefeitura divulga classificação de processo seletivo para atuação na Reme
Educação
Cartão de confirmação do Encceja já está disponível
Educação
Profissões ligadas à tecnologia serão mais promissoras
Educação
Semed anuncia mais oito creches em inauguração no Santa Fé
Educação
Inscrições para bolsas remanescentes no ProUni começa nesta terça-feira
Educação
Prefeitura convoca candidatos de assistente educacional inclusivo aprovados
Educação
Ponta Porã perderá faculdade de computação por baixa procura

Mais Lidas

Geral
Mulher tem dedo amputado enquanto fazia compras
Fim de Semana
Esquadrilha da Fumaça se apresenta em Campo Grande neste domingo
Polícia
Vídeo - Peão morre após ser pisoteado por touro em rodeio
Esportes
Vídeo- Após capotar no Rally Sertões, Caio Castro tranquiliza fãs