Menu
Busca domingo, 26 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Esportes

Bayern bate Chelsea nos pênaltis e conquista Supercopa da Europa

31 agosto 2013 - 10h55Via Estadão
O Bayern de Munique conquistou nesta sexta-feira (30) seu primeiro título da Supercopa da Europa em decisão emocionante diante do Chelsea. Depois de empate em 1 a 1 no tempo normal, o time alemão ficou atrás logo no início da prorrogação mesmo com um jogador a mais - Ramires foi expulso. Nos acréscimos, no entanto, Javi Martínez selou a nova igualdade, e nos pênaltis Neuer defendeu a cobrança de Lukaku para levar ao delírio os torcedores alemães que estiveram na Eden Arena, em Praga, na República Checa.

Além da conquista, o Bayern se vinga de certa forma da derrota para o Chelsea na decisão da Liga dos Campeões de 2011/2012. Na ocasião, após igualdade no tempo normal, foram os ingleses que conseguiram um empate heroico no fim da prorrogação e, também nos pênaltis, derrotaram o time alemão.

O troféu é o primeiro oficial de Pep Guardiola à frente do Bayern. Em meio a um começo de trabalho irregular, com algumas atuações abaixo da média e com a perda da Supercopa da Alemanha para o Borussia Dortmund, o treinador pode respirar e ganha força com a conquista. Por outro lado, José Mourinho perdeu a chance de faturar seu primeiro título neste retorno ao Chelsea.

O jogo
O Bayern começou melhor e Ribery perdeu a primeira chance ao bater mau bola lançada para ele na esquerda. Na sequência, no entanto, o Chelsea abriu o placar. Aos sete minutos, Hazard arrancou pelo meio de campo em contra-ataque e lançou Schürrle, que tocou para o meio da área. Fernando Torres chegou batendo de primeira, no canto esquerdo de Neuer.

O gol só reforçou o panorama da partida, que seguiu com o Bayern pressionando e o Chelsea buscando os contra-ataques. Aos 21 minutos, Cech salvou o time inglês em chute de longe de Ribery, que tentaria de novo sete minutos depois, dessa vez jogando para fora. Aos 30, a resposta: Torres recebeu novamente de Schürrle, mas errou o alvo.

O Bayern voltou para o segundo tempo ainda mais em cima do adversário e conseguiu o empate logo aos dois minutos. Kroos começou a jogada pela esquerda, cortou a marcação e tocou para Ribery. O francês foi rápido, dominou e bateu forte, no canto direito de Cech.

Ribery infernizava a defesa do Chelsea, que não encontrava resposta para parar o francês. Desta forma, ele criou mais duas oportunidades antes dos 15 minutos. Na primeira, fez cruzamento que passou por toda a área. Depois, achou Robben no meio da área e o holandês isolou.

A resposta do Chelsea veio aos 18 minutos. Dante bobeou e escorregou na frente de Schürrle, que aproveitou e rolou para Oscar. Sozinho, o brasileiro pareceu se assustar com a oportunidade, demorou para bater e acabou dando tempo para que Neuer saísse fechando o ângulo. Logo depois, foi a vez de Hazard bater fraco e facilitar a vida do goleiro.

O cenário da partida se inverteu. Neste momento era o Chelsea que sufocava o Bayern e o time inglês voltaria a levar perigo aos 32 minutos. Após escanteio da direita e desvio na primeira trave, Ivanovic cabeceou e acertou o travessão. Aos 39, Lampard bateu falta para a área a David Luiz finalizou firme. Neuer salvou novamente.

Mas logo no minuto seguinte, Ramires deu entrada dura em Götze e foi expulso, complicando a vida do Chelsea. Com um a menos, a lógica era a equipe inglesa se retrair, mas foi ela que marcou logo no início da prorrogação. Aos 2 minutos, Hazard recebeu pela esquerda, cortou dois marcadores e contou com a falha do até então impecável Neuer para fazer o segundo.

Com a desvantagem e um jogador a mais, o Bayern foi com tudo para cima no segundo tempo e aí Petr Cech virou herói. Em dois lances consecutivos, o goleiro fez defesas em incríveis. Primeiro após finalização de Mandzukic; depois, após desvio à queima-roupa de Javi Martínez.

Cech ainda faria mais uma incrível defesa aos 12 minutos, em cobrança de falta quase perfeita de Ribery, mas tudo mudaria nos acréscimos. Após cruzamento da esquerda e confusão na área, Javi Martínez bateu na saída do goleiro e marcou o gol que levou a decisão para os pênaltis.

Os jogadores foram acertando as cobranças uma a uma, sem chance para os goleiros. Alaba, Toni Kroos, Lahm, Ribery e Shaqiri fizeram para o Bayern, mas David Luiz, Oscar, Lampard e Ashley Cole responderam para o Chelsea. Na última penalidade, no entanto, Lukaku bateu mal, Neuer defendeu e garantiu o título aos alemães.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Público aos estádios a partir de outubro em São Paulo
Esportes
Medalhista paralímpico Phelipe Rodrigues velejará para ajudar em ação solidária
Esportes
Tite convoca seleção brasileira para jogos eliminatórios do Catar 2022
Esportes
Dardistas de MS são convocados para os Sul-Americanos Sub-18 e Sub-23 de Atletismo
Esportes
Marta passa Pelé na artilharia da Seleção
Esportes
Atletas da capital vão representar MS em Campeonato Jiu-Jitsu
Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade
Esportes
Anvisa paralisa jogo Brasil x Argentina e jogadores poderão ser deportados

Mais Lidas

Brasil
Após cancelamentos constantes, Uber excluí motoristas; Veja a situação na Capital
Geral
Amigos do Parque: Pista estará aberta para receber a população hoje e amanhã
Brasil
Bolsa Família: Caixa lança nova versão de aplicativo
Saúde
Terceira dose para setor de saúde chega aos 40 anos