Menu
Busca quarta, 12 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Esportes

Belfort deixa Anderson Silva sem rival nos médios, mas segue no fim da fila da categoria

21 janeiro 2013 - 10h39AP Photo/Andre Penner

Não foi apenas a cabeça de Michael Bisping que Vitor Belfort acertou com o chute alto na luta principal do UFC São Paulo, no último sábado. Ele também pegou em cheio toda a categoria dos médios. Com a derrota do inglês, o campeão Anderson Silva está oficialmente sem um rival direto para uma defesa de cinturão.

O nocaute sofrido por Bisping completou a série muito ruim dos principais candidatos ao cinturão do Spider. Pelo menos três caíram no espaço de três semanas, entre o UFC 155 e o UFC SP. Lá em Las Vegas, Alan Belcher perdeu para Yushin Okami e Tim Boetsch foi derrotado por Costa Philippou. Michael apenas completou essa lista.

Agora, Anderson tem apenas um candidato, um pouco mais claro, a rival: o norte-americano Chris Weidman. Recuperando-se de uma cirurgia, ele já mandou seu recado em pelo Twitter. “Eu vou voltar no meio do ano e é quando o Anderson quer lutar. Coincidência? Acho que não”, disse.

O problema é que o próprio Anderson já falou que não tem a intenção de enfrentá-lo nesse momento, por ele ainda não ter muita história no esporte. São apenas nove lutas – invictas – como profissional. No entanto, nesse momento, é quem sobrou nessa fila dos médios.

Outros dois nomes correm por fora, ambos vindos do Strikeforce. O campeão dos médios do antigo evento, Luke Rockhold, já se prontificou como possível rival. Ex-dono do cinturão dos meio-pesados, Gegard Mousasi é outro que disse que desceria de categoria para enfrentar Anderson.

Mas e uma revanche Belfort x Anderson?
Apesar da grande vitória sobre Michael Bisping entre os médios, Vitor Belfort tem outra meta agora. Ele quer enfrentar novamente Jon Jones pelo cinturão dos meio-pesado. Já fez o desafio. Porém, disse que no futuro, também vai enfrentar mais uma vez Anderson Silva. Só não quis falar quando.

A situação de Vitor nessa categoria é curiosa. Ele vem tem agora três vitórias consecutivas depois que perdeu para Anderson com aquele histórico chute frontal. O UFC fez questão de deixar claro que ele ainda está bem atrás na fila dos médios por uma disputa de cinturão.

“Até troquei mensagens com o Dana White sobre o assunto, porque sabia que iriam me perguntar. Vitor se apresentou muito bem nesta noite, mas não sabemos quem será o próximo rival do Anderson. O que sabemos é que o Vitor ainda precisa fazer mais algumas lutas antes de pensar em disputar esse título novamente”, explicou Marshall Zelaznik, diretor que representou o presidente do UFC nessa semana, já que ele se recupera de uma cirurgia e não veio ao Brasil.

Via Uol

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
"Temos que ver o DNA", diz Goleiro Bruno sobre filho com Eliza
Esportes
Operário rifa “fusca-75” para arcar com os compromissos
Esportes
Corinthians recusa fazer exames de coronavírus no Einstein após atrasos
Esportes
Vídeo: 4 x 3, Palmeiras é campeão nos pênaltis
Esportes
Com tira-teima histórico, Palmeiras e Corinthians fazem final do Paulista
Esportes
Brasileirão tem início neste sábado
Esportes
Liga dos Campeões da Europa retorna com jeito de Copa do Mundo
Esportes
Timão e Palmeiras abrem final do Paulista com 0x0
Esportes
Covid-19: final em Minas é suspensa Uberlândia identificar 13 infectados
Esportes
Campo-grandense Éderson, chora ao agradecer apoio da mãe na carreira

Mais Lidas

Polícia
Negociação com homem que tenta suicídio, dura mais de 11 horas
Polícia
AO VIVO - Homem tenta se matar no Cophavilla
Geral
Bolsonaro corta 60% da verba destinada à Rede Globo
Polícia
Agora: Homem faz família de refém e fala em suicídio