Menu
Busca quinta, 28 de maio de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Brasil faz último amistoso hoje, antes da estreia na Copa América

A seleção masculina joga contra Honduras, às 16h, em Porto Alegre

09 junho 2019 - 11h45Joilson Francelino, com informações da Agência Brasil

A seleção brasileira faz, neste domingo (9), o seu último jogo amistoso antes da estreia contra a Bolívia, na abertura da Copa América 2019, na próxima sexta-feira (14), às 21h30, no Estádio do Morumbi, em São Paulo.

O adversário do Brasil é a seleção de Honduras. A partida está marcada para as 16h, no Estádio Beira Rio, em Porto Alegre.

A última vez que as duas seleções se enfrentaram foi em junho de 2015, também em Porto Alegre, quando o Brasil venceu por 1 a 0. Brasileiros e hondurenhos já se enfrentaram em sete jogos na história das duas seleções, com cinco vitórias da equipe canarinha; uma vitória de Honduras e um empate.

O Brasil tem uma saldo de 22 gols contra seis marcados pelos hondurenhos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Handebol é a nova videoaula disponível para manter treinos em casa
Esportes
Ex-técnino de seleção, Vadão é internado devido à complicações de câncer
Esportes
Futebol na Alemanha reinicia neste sábado
Esportes
Coronavírus: Fifa cancela cerimônia de entrega do prêmio Melhor do Ano
Esportes
Coronavírus - “Não está nem no pico e muito menos diminuindo”, diz Mandetta
Esportes
Guanandizão terá jogos internacionais de vôlei após pandemia, diz Governo
Esportes
Dia do goleiro é celebrado por times de todo o mundo
Esportes
Pré-olímpico de handebol masculino é remarcado para março de 2021
Esportes
Mundial de Vôlei de Praia é adiado para 2022
Esportes
Evento na Serra da Bodoquena é adiado

Mais Lidas

Geral
Há um ano, tragédia que matou o campo-grandense Gabriel Diniz comovia o Brasil
Economia
Governo quer emprestar US$ 4,01 bilhões de bancos internacionais
Justiça
Ary Raghiant Neto será empossado Vice-Presidente do Conselho de Colégios da OAB do Mercosul
Política
“Não entendo o porquê a Energisa questiona a CPI se não existem irregularidades”, diz Orro