Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS setembro21
Esportes

Brasil não repete homens, vence Porto Rico e vai a Mundial de basquete

29 setembro 2013 - 03h42Via Uol
Ao contrário dos homens, a seleção brasileira de basquete feminino não dependerá de um convite para disputar o próximo Mundial da modalidade. A equipe nacional conseguiu a vaga na quadra nesse sábado (28), graças a uma vitória sobre Porto Rico por 66 a 56 na disputa do terceiro lugar da Copa América.

Campeã em quatro das últimas cinco edições da Copa América de basquete feminino, a seleção brasileira havia sido surpreendida por Cuba nas semifinais. Como a competição local oferecia apenas três vagas no Mundial, a equipe dirigida por Luiz Augusto Zanon dependia de um triunfo neste sábado.

O rival do Brasil ampliou a confiança de que o resultado positivo seria possível. A seleção enfrentou Porto Rico, adversário da equipe de Zanon na estreia da Copa América. Aquela partida acabou com vitória das sul-americanas por 91 a 54.

"Vivemos um momento muito complicado ontem [sábado]. Estávamos preparadas, fizemos nosso melhor, mas perdemos. Então, precisamos reunir forças para voltar à quadra hoje [sábado] e conseguir a vitória que nos daria a vaga", disse a jogadora Damiris em entrevista oficial.

Neste sábado, Porto Rico foi um oponente muito mais complicado para as brasileiras. Assim como havia acontecido contra Cuba, o time de Zanon errou muito no ataque, queimou muitas bolas e permitiu que o adversário seguisse próximo no placar.

"Nós estivemos atrás no placar, assim como aconteceu contra Cuba, mas tivemos força para conseguir uma recuperação. A equipe teve muita vontade e mostrou muita personalidade", elogiou Damiris.

Porto Rico teve um aproveitamento desastroso nas bolas de três pontos (nenhum acerto em nove tentativas) e pegou apenas 25 rebotes (o Brasil coletou 40). Na hora de aproveitar os erros, porém, as duas equipes foram muito próximas. Cada seleção anotou dez pontos após falhas das rivais.

A cestinha do confronto foi a porto-riquenha Sepulveda, capitã da equipe, que anotou 21 pontos. No Brasil, os maiores destaques foram a ala Thais Pacheco (18 pontos) e a pivô Clarissa, autora de um duplo-duplo (15 pontos e 12 rebotes).

A seleção brasileira é a 13ª seleção classificada para o Mundial. Agora, falta à Fiba (Federação Internacional de Basquete) definir apenas as três equipes convidadas para o evento.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Atleta de MS representará o Brasil nos jogos Pan-Americanos Junior
Esportes
Público aos estádios a partir de outubro em São Paulo
Esportes
Medalhista paralímpico Phelipe Rodrigues velejará para ajudar em ação solidária
Esportes
Tite convoca seleção brasileira para jogos eliminatórios do Catar 2022
Esportes
Dardistas de MS são convocados para os Sul-Americanos Sub-18 e Sub-23 de Atletismo
Esportes
Marta passa Pelé na artilharia da Seleção
Esportes
Atletas da capital vão representar MS em Campeonato Jiu-Jitsu
Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade

Mais Lidas

Cidade
Incêndio atinge margens do rio Paraguai em Corumbá
Clima
Tempestade faz temperatura despencar 15 graus e destelha apartamento em Campo Grande
Polícia
Mulher é agredido e esfaqueia pênis de marido
Polícia
Homem é assassinado a tiros por dívida de R$ 100,00