Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Campeão e em alta, Corinthians só vê seu faturamento aumentar

11 janeiro 2013 - 10h27Reprodução

O Corinthians apresenta nesta sexta-feira Alexandre Pato como seu mais novo jogador, uma das contratações mais caras da história do futebol brasileiro: R$ 40 milhões. Pato é o reforço mais famoso e badalado, mas não é a única novidade do elenco campeão mundial. Também vieram da Europa o meia Renato Augusto e o zagueiro Gil.

Esses três jogadores custarão R$ 60 milhões ao Corinthians. O investimento é considerado bastante alto para os padrões brasileiros, mas é proporcional ao crescimento de faturamento do clube nos últimos anos.

O Corinthians fechou 2012 com uma arrecadação recorde, de acordo com a diretoria: R$ 330 milhões. "Somos há três anos o clube que mais arrecada no País", disse o diretor financeiro Raul Correa e Silva.

Novos contratos de direitos de televisão, patrocínio de camisa e fornecedor de material esportivo turbinaram as receitas do clube alvinegro.

O orçamento para 2013 previa receitas de R$ 105 milhões com direitos de tevê, R$ 50 milhões com patrocínio de uniforme e R$ 22 milhões com o contrato de material esportivo. Essa última estimativa já foi superada porque o clube anunciou recentemente um novo contrato com a Nike no valor de R$ 30 milhões anuais, válido por dez anos.

O ganho com patrocínio de camisa quase chegou ao valor idealizado. A Caixa paga R$ 30 milhões por ano e a Fisk, que confirmou ontem a renovação de contrato, cerca de R$ 13 milhões. O espaço da Tim, terceira e menor marca no uniforme (dentro do número), corresponde a R$ 3 milhões por temporada. O clube garante que não há mais espaço à venda na camisa.

Raul Correa, no entanto, evita relacionar diretamente o aumento de receita do clube às contratações milionárias, como a de Alexandre Pato. Ele associa a chegada do atacante ao bom momento do time. "Fortalecemos nossa marca nos últimos anos com futebol, com títulos, isso gera mais receitas, mais bilheteria. Entramos nas competições para disputar títulos, sendo campeões ou não. Nossa estratégia é montar times competitivos."

Segundo o dirigente, contratações como a de Pato também passam pelo crivo do departamento financeiro, além das análises técnicas e médicas. "Não fazemos loucuras, as contratações estão dentro do orçamento."

Prestação
Pato custará R$ 40 milhões, mas esse valor não será pago à vista. Durante três anos, o Corinthians pagará parcelas ao Milan. Serão três por ano (aproximadamente R$ 4,5 milhões cada uma).

O pagamento a conta-gotas estará em sintonia com o fluxo de caixa do clube. Receitas como as de patrocínio de camisa e fornecimento de material esportivo são fixadas por ano, mas pagas mês a mês. Já os pagamentos das cotas de tevê geralmente são feitos como "luvas", em fatias maiores, na casa de R$ 25 milhões.

Parcelar o pagamento também foi uma estratégia usada para comprar o zagueiro Gil, do Valenciennes, da França, por cerca de R$ 9,5 milhões, e 50% dos direitos econômicos do meia Renato Augusto, que estava no Bayer Leverkusen, da Alemanha (em torno de R$ 9,4 milhões).

Outras fontes de receita importantes são a bilheteria e o programa Fiel Torcedor. Somados, rendem ao clube R$ 31 milhões por ano, de acordo com a previsão orçamentária para 2013.

Via Estadão

Totem_Alcool Gel

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Campo Grande sediará a Liga das Nações que foi adiada para 2021
Esportes
Fluminense perde para o Volta Redonda na reestreia de Fred
Esportes
Nenê testa positivo para covid-19 e está fora do Campeonato Carioca
Esportes
Amigos do Parque volta com nova formatação durante pandemia
Esportes
Operário convoca torcedores para se associarem e ajudar o Clube
Esportes
Etapa nacional dos Jogos Escolares da Juventude é cancelada
Esportes
Em "novo normal", Flamengo bate por 3 a 0 o Bangu na volta do Carioca
Esportes
Flamengo e Bangu reabrem Campeonato Carioca após paralisação
Esportes
Dividas de clubes de futebol com a Receita Federal podem ser suspensas
Esportes
Corrida Digital tem estratégia inovadora

Mais Lidas

Geral
"Crianças estão imunes ao coronavírus" diz Marcelo Crivella
Política
Ministério da Segurança ainda pode ser recriado pelo Governo
Cidade
Confira o itinerário de fumacê contra o Aedes Aegypti em oito bairros
Política
Coronel David declara pesar pelo homicídio de Carla Santana