Menu
Busca sábado, 20 de julho de 2019
(67) 99647-9098
Esportes

Campo Grande sedia Mundial de Motocross

22 agosto 2010 - 01h35
Os italianos dominaram a categoria MX1 na etapa brasileira do Campeonato Mundial de Motocross, que aconteceu neste sábado (21.08) na capital. David Philippaerts e Antonio Cairoli travaram um duelo emocionante na corrida classificatória e terminaram a prova com apenas 0.2s de diferença. A vitória foi de Philippaerts. Na MX2, Musquin foi o mais rápido do dia e ficou mais perto de conquistar o título no país. O público que veio ao Motódromo de Campo Grande vibraram muito com a disputa na MX1. Philippaerts largou bem e liderou a prova de ponta a ponta, conquistando o direito de escolher o primeiro lugar no gate pela terceira vez no ano. Ele teve muito trabalho para segurar o seu compatriota Antonio Cairoli - atual líder do campeonato - que largou na quarta posição mas, logo na segunda volta, já estava em segundo. O vice-líder da competição, o belga Clement Desalle ficou em terceiro lugar e quer voltar para a Europa vivo na briga pelo título. Xavier Boog foi o quarto colocado e Tanel Leok, o quinto. O português Rui Gonçalves larga na sexta colocação. Na MX2, o francês Marvin Musquin, que tenta conquistar o título pela segunda vez no país, ficou um pouco mais próximo do título. Além de ser o mais rápido do dia, ele viu seu principal rival, o alemão Ken Roczen, terminar na 7ª colocação. “O que eu quero mesmo é ser bicampeão. Se for aqui, será ótimo mas se for de volta na Europa também não vejo problemas. O importante é conquistar o título”, destacou o piloto. Já o alemão Ken Roczen, que no ano passado ficou impressionado com o carinho com que foi recebido pelo público brasileiro, conta exatamente com a torcida para reverter a situação e continuar na disputa. “Agora que eu já sei o grande número da fãs que tenho no país, já chego esperando que eles façam uma grande festa pra mim nas arquibancadas. Quero fazer o melhor que eu puder e contar com eles para continuar na disputa”, destacou o piloto. Os brasileiros Entre os pilotos brasileiros, destaque para Jorge Balbi na MX1 e para Swian Zanoni na MX2. O mineiro, que fará sua segunda prova depois de se recuperar da contusão no punho, foi o décimo segundo colocado. Na MX2, Swian larga em décimo primeiro. Swian e Balbi, que já foram os melhores brasileiros no ano passado em suas respectivas categorias, esperam repetir o feito este ano. A preocupação de Balbi agora, é com o ritmo de corrida. "Está muito calor em Campo Grande e, como estou sem ritmo de corrida, terei muito trabalho para conquistar um bom resultado. Estou me divertindo muito nessa prova, correndo sem pressão e espero fazer o melhor possível", disse. Evento De acordo com a organização, cerca de 30 mil pessoas são esperadas para o evento. O motódromo de Campo Grande está situado na Rua Jornalista Marcos Fernandes Hugo Rodrigues, S/N. O traçado para o acesso dos carros inclui a Avenida Mato Grosso, a Rua Antônio Maria Coelho e BR-262, saída para Três Lagoas. Para receber o campeonato, a logística e o traçado da pista começou a ser montado em março deste ano. “A pista está completamente nova”, assegura o presidente da federação de motociclismo de Mato Grosso do Sul, Firmo Henrique Alves. Este é o maior evento da categoria e a organização local está muito satisfeita em poder sediar a prova. “Estamos trabalhando para que o Mundial ocorra mais vezes no Brasil e principalmente em Campo Grande. Este evento é considerado o mais importante da categoria e traz um grande impacto para a economia, turismo e para o esporte do município, beneficiando assim a população que irá assistir a um belíssimo espetáculo”, afirma Alves. Interdição A partir das 6h de hoje, o Parque dos Poderes será interditado desde a rotatória na Avenida Afonso Pena que dá acesso à Avenida do Poeta, na entrada do Parque dos Poderes. As Ruas Gardênia, Antúrio e Imbe, que são paralelas à Afonso Pena, também serão fechadas próximo ao Parque. O motorista que vier pela Avenida Mato Grosso terá que pegar atalho pela Rua Antônio Maria Coelho no trecho em obras, e poderá deixar os carros no estacionamento dos órgãos públicos no Parque dos Poderes. Uma alternativa é a Rua Joaquim Murtinho, seguindo na sua continuação pela Avenida Ministro João Arinos. Nos arredores do Motódromo haverá estacionamento pago para cerca de 550 veículos. Ônibus, vans e táxis terão acesso até o portão principal de entrada do evento. As atividades se iniciam às 8h15min. A primeira bateria começa às 11h e a última às 15h. Categoria 150cc Em uma iniciativa inédita, a etapa brasileira do Mundial de Motocross em Campo Grande, dará à nova geração do Brasil a oportunidade de competir no maior evento do mundo. O objetivo é dar aos pilotos que iniciam a sua carreira no Brasil a oportunidade de estarem presentes no mesmo ambiente dos melhores pilotos do mundo. O Troféu Honda 150 será todo organizado pela Honda, um dos principais responsáveis por trazer novamente uma etapa do Mundial de Motocross ao Brasil. A Bracco Internacional, organizadora das categorias MX1 e MX2 cedeu o espaço para que a prova possa acontecer. “Gostamos muito da iniciativa da Honda de realizar a corrida dentro do evento e de dar a chance para estes novos pilotos de estarem em um ambiente de Mundial. Damos todo o apoio para que eles possam realizar a prova e deixar o espetáculo ainda mais atraente para o público”, comentou Federico Carli, diretor executivo da Bracco Internacional. Os maiores nomes da modalidade estão confirmados, entre eles Anderson Amaral, da equipe 2B Duracell Racing e Endrews Armstrong. A premiação da competição será superior a R$ 20.000,00 em prêmios e os atletas terão direito ainda a seguro hospitalar e de vida, vagas de estacionamento, inscrição gratuita e espaço nos boxes. “Desde que o Mundial de Motocross retornou ao Brasil, no ano passado, percebemos que os pilotos do país não estão acostumados a andar nas pistas do nível do Mundial. Por isso, essa iniciativa da Honda é fundamental. Ela dá aos pilotos a oportunidade de ter contato com um circuito de um nível totalmente diferente”, destacou Carli. Os treinos do Troféu Honda 150cc aconteceram ontem e a prova acontece hoje. Mudanças na programação O clima na cidade de Campo Grande fez com que a organização optasse por realizar uma pequena mudança na programação de amanhã. A corrida do Troféu Honda, que seria realizada entre as baterias principais será a última do dia e o show com o Freestyler Joaninha foi cancelado. A decisão, tomada em conjunto pela Youthstream, Bracco Internacional, FIM e CBM visa manter a pista na melhor condição possível. “O clima aqui está muito seco e, por mais que molhemos a pista, ela fica seca muito rápido. Por isso optamos por fazer essa mudança na programação e preservar a qualidade do evento e a segurança dos competidores”, explicou Federico Carli, diretor de marketing da Bracco Internacional. O GP Brasil de Motocross 2010 tem o patrocínio do Governo do Estado do Mato Grosso do Sul, Honda, Enersul, Banco Rural, Mormaii, Red Bull, Teka Group, Sidi, KTM, Rebootizer, Cablelettra e Came do Brasil. Realização Bracco Internacional e YouthStream. Supervisão CBM, Federação de Motociclismo do Mato Grosso do Sul e Federação Internacional de Motociclismo. Jornal de Domingo com Y Sports
1/4 colchões

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Neymar está “bichado”?
Esportes
Pista de atletismo do Ayrton Senna deve ser emborrachada na próxima semana
Esportes
Brasileira luta por medalha no Mundial Paralímpico de Halterofilismo
Esportes
Décima rodada do Brasileirão tem clássico essa noite
Esportes
Brasil estreia com dois ouros no Paralímpico de Halterofilismo
Esportes
Brasil atropela o Peru e fatura Copa América
Esportes
Centro-Oeste Open de Taekwondo tem equipes de MS na disputa
Esportes
Final da Copa do Mundo feminina terá árbitra francesa
Esportes
Sob olhares de Rogério Caboclo, seleção fecha treino para final da Copa América
Esportes
Brasil quer sediar mundial de futebol sub-20 em 2021

Mais Lidas

Polícia
Jovem é abordado por dupla e baleado na cabeça
Política
Delegado da PF assume presidência da Funai, com apoio de ruralistas
Polícia
Mulher tenta transportar droga em carro de aplicativo
Polícia
Brasileiro que matou ex-mulher pega prisão perpétua no Reino Unido