Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Esportes

Cigano elogia resistência de Velasquez e admite tristeza por derrota dupla

23 outubro 2013 - 11h20Via Uol
Depois de mais uma luta muito dura contra Cain Velasquez, valendo o cinturão dos pesados do UFC, Junior Cigano já está em casa, em Salvador. Ele chegou ao Brasil na última terça-feira, vindo de Houston, onde foi o UFC 166 no sábado passado.

Assim que acabou o combate, Junior teve de ir direto para o hospital, então não participou da coletiva de imprensa. Deu apenas uma curta declaração enquanto recebia alguns pontos acima da sobrancelha. Durante esse papo, Junior já estava com o rosto bem menos inchado, mas preferiu não ser fotografado. E nem mesmo está pensando no que fazer agora.

“Não sei o que vou fazer ainda daqui para frente. Vou pra casa, esperar o inchaço diminuir e depois penso o que vou fazer. Não tem nem como explicar a tristeza que estou sentido. Perder é ruim, mas duas vezes para o mesmo cara e desse jeito é f… Eu brinco porque sou assim, mas é difícil até de falar”, disse Cigano. “Sei que é complicado, o UFC não vai querer me colocar para lutar com ele por causa disso. Mas quem sabe.”

O catarinense radicado em Salvador explicou que não se surpreendeu com a tática usada pelo campeão, mas admitiu que não soube como pará-lo, principalmente por conta de seu condicionamento físico. “Ele sentiu minha mão também. Ali no começo entrou um cruzado e ele viu que podia se complicar. Depois consegui acertar ele outras vezes, mas ele é resistente. Nunca vi uma coisa daquelas, parece que não cansa nunca.”

“Eu não posso nem falar que não conhecia o jogo dele. Depois da segunda luta, como eu ia dizer isso. Mas ele jogou com o regulamento debaixo do braço, fez certinho o jogo para vencer. Pode não parecer muita coisa, mas aqueles soquinhos que ele me dava grudado na grade iam magoando meu rosto, isso vai minando minha força”, completou. Ali no final eu senti que peguei a guilhotina, mas já não tinha força pra mais nada. Nem sabia mais o que estava fazendo naquela hora.”
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade
Esportes
Anvisa paralisa jogo Brasil x Argentina e jogadores poderão ser deportados
Esportes
Campeonato Brasileiro de Handebol acontece de 03 a 07 de setembro em MS
Esportes
MS recebe Campeonato Brasileiro de Handebol neste fim de semana e feriado
Esportes
Primeiro ouro de parataekwondo da história vai para brasileiro
Esportes
Brasil enfrenta Chile pelas Eliminatórias da Copa do Catar
Esportes
Yeltsin Jacques quebra recorde e conquista o 100º ouro do Brasil em Paralimpíadas
Esportes
Yeltsin Jacques busca segundo ouro em Tóquio e pode bater recorde mundial

Mais Lidas

Polícia
Corpo é encontrado esquartejado em sacos de lixo
Geral
Ao vivo: Bebê transmite mãe tomando banho no Facebook
Polícia
Jovem é presa por morder enfermeira na UPA do Coronel Antonino
Polícia
Mulher agredida com barra de ferro em espetinho no Aero Rancho contesta versão dada pelo dono