Menu
Busca sexta, 23 de agosto de 2019
(67) 99647-9098
Esportes

Cruzeiro se impõe, faz 2 a 0 no Galo e é campeão mineiro

16 maio 2011 - 10h13Hoje em Dia

O Cruzeiro se impôs jogando para seus 17.384 torcedores, venceu o Atlético por 2 a 0 e sagrou-se campeão mineiro de 2011. O jogo deste domingo (15), realizado na Arena do Jacaré, foi bastante disputado, com direito a expulsões dos dois lados.

Com a conquista, a Raposa chega ao 36º título mineiro, ficando a quatro do maior rival. A taça serve também para coroar o trabalho de Cuca e amenizar a eliminação sofrida dentro de casa para o Onde Caldas, na Copa Libertadores.

Como não poderia ser diferente, a finalíssima começou fervendo. Cruzeiro e Atlético começaram o jogo nervosos e com bastante disputa no meio-campo.

O Galo iniciou melhor e explorou bastante, nos primeiros minutos de jogo, o lado esquerdo da defesa cruzeirense. Mas logo aos 10 minutos, a Raposa já começou a tomar conta da posse de bola. No minuto seguinte, a bola sobrou para Thiago Ribeiro dentro da área, mas o atacante foi desarmado.

Precisando da vitória, os celestes conseguiram dominar o meio-campo, mas tentavam chegar ao gol principalmente com bolas alçadas na área. Em um desses cruzamentos, feito pelo Thiago Ribeiro, Serginho furou na pequena área e Roger, de reflexo, finalizou. Bem posicionado, Renan Ribeiro não teve dificuldades para defender.

Os atleticanos só chegavam no gol cruzeirense em contra-ataques. Aos 32 minutos, Magno Alves foi lançado na cara do Fábio, mas se embolou com a bola e deu tempo para Gil se recuperar e mandar a bola para escanteio.

Na cobrança, a torcida do Cruzeiro jogou objetos no campo. O juiz Wilson Luiz Seneme pegou baterias de celular e entregou ao quarto árbitro.

No segundo tempo, o Cruzeiro manteve a superioridade e conseguiu criar chances claras de gol. Já nos primeiro 10 minutos da etapa complementar, a Raposa quase abriu o placar com cabeçada de Gil e chute, na entrada da área, de Roger.

O Atlético chegava em contra-ataques. Aos 28 minutos, Magno Alves recebeu lançamento e ficou cara a cara com Fábio. O atleticano tentou driblar, mas o goleiro cruzeirense conseguiu tirar a bola no momento do chute.

O castigo veio dois minutos depois. Wallyson fez bela jogada pelo lado esquerdo do ataque cruzeirense e chutou com precisão. Cruzeiro 1 a 0.

Aos 42 minutos, o golpe final: em cobrança ensaiada, Fabrício rolou para Gilberto, que fuzilou o gol de Renan Ribeiro. Antes do apito final, Serginho e Dorival Júnior, pelo Atlético, e Gilberto e Roger, pela Raposa, foram expulsos.

Com informações do jornal Hoje em Dia.

Prefeitura - Niver CG

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Campo Grande verá estreia do Corinthians no Sertões
Esportes
Sertões desembarca em Campo Grande para festa com Bruninho e Davi
Esportes
Tite anuncia seleção que disputará amistosos de setembro
Educação
Prefeitura divulga classificação de processo seletivo para atuação na Reme
Esportes
Ceni é oficialmente apresentado no Cruzeiro
Esportes
Camilo e Rubinho vencem em Campo Grande
Esportes
Julio Campos larga na 1ª fila na 6ª etapa da Stock Car em Campo Grande
Esportes
Brasil conquista 50 medalhas de ouro no Pan-Americano
Esportes
Corinthians enfrenta Internacional na manhã deste domingo
Esportes
Atlético-MG enfrenta Fluminense neste sábado

Mais Lidas

Geral
Confira a lista de sorteados cadastrados na EMHA
Geral
Vereador e filho são encontrados mortos a tiros dentro de casa
Oportunidade
Processo Seletivo do Senar/MS tem salários que chegam a R$ 6,5 mil
Polícia
Jovem é morto a tiros na frente da família