Menu
Busca quinta, 04 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Desde os tempos de São Paulo... Kaká e Luis Fabiano exaltam parceria

21 junho 2010 - 09h40agência Getty Images

De Kaká para Luis Fabiano e de Luis Fabiano para o gol. Essa cena foi bastante vista de 2001 a 2003, quando o meia e o atacante jogaram juntos no São Paulo. Mas no último domingo, ela se repetiu na vitória por 3 a 1 do Brasil sobre a Costa do Marfim, na Copa do Mundo, e fez a alegria de milhões de brasileiros.

O lance foi aos 24 minutos do primeiro tempo. Depois de passe de Robinho, Luis Fabiano tocou de calcanhar (meio truncado, é verdade) para Kaká. O meia, com visão de jogo, colocou o atacante na cara do gol. Sem olhar, o camisa 9 acertou belo chute de perna direita e abriu caminho para vitória brasileira.

- A bola do Kaká foi espetacular. Nós conversamos muito e nos conhecemos bastante. Jogamos juntos no São Paulo e sabemos o que fazer. Ele sabe da maneira que jogo e eu sei a hora que ele vai tocar a bola. É um entendimento muito legal – declarou o atacante da seleção brasileira, que relembrou os tempos de Morumbi ao ouvir a torcida brasileira gritar o seu nome empolgada.

Juntos, os ganharam apenas um título: o Rio-São Paulo de 2001, torneio que fez explodir Kaká, autor de dois gols na final contra o Botafogo. Depois disso, eles brilharam no Campeonato Brasileiro de 2002, mas sucumbiram diante do Santos de Robinho no primeiro jogo do mata-mata. Mais tarde, o Peixe foi campeão.

Ele sabe da maneira que jogo e eu sei a hora que ele vai tocar a bola. É um entendimento muito legal"Luis Fabiano- Não tem nem comentários. Eu e Kaká nos conhecemos há muito tempo. Sabemos a maneira de jogar. Aqui o entendimento é total – comentou o Fabuloso.

Kaká, porém, gostou mesmo é do segundo gol de Luis Fabiano, aos seis minutos do segundo tempo, quando o atacante chapelou dois adversários, ajeitou com o braço e bateu para o fundo do gol, aumentando a vantagem brasileira para 2 a 0.

- O segundo gol que ele fez, por ser em uma Copa do Mundo, realmente vai ficar marcado por muitos anos – acrescentou Kaká.

Na próxima sexta-feira, dia 25 de junho, em Durban, contra Portugal, a dupla não poderá jogar junta. Isso porque Kaká, expulso contra a Costa do Marfim, está fora da partida. Luis Fabiano, por outro lado, está confirmado no ataque.
 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Handebol é a nova videoaula disponível para manter treinos em casa
Esportes
Ex-técnino de seleção, Vadão é internado devido à complicações de câncer
Esportes
Futebol na Alemanha reinicia neste sábado
Esportes
Coronavírus: Fifa cancela cerimônia de entrega do prêmio Melhor do Ano
Esportes
Coronavírus - “Não está nem no pico e muito menos diminuindo”, diz Mandetta
Esportes
Guanandizão terá jogos internacionais de vôlei após pandemia, diz Governo
Esportes
Dia do goleiro é celebrado por times de todo o mundo
Esportes
Pré-olímpico de handebol masculino é remarcado para março de 2021
Esportes
Mundial de Vôlei de Praia é adiado para 2022
Esportes
Evento na Serra da Bodoquena é adiado

Mais Lidas

Geral
Filho de vereadora morre após passar mal em futebol
Cidade
Com a pandemia, mil trabalhadores já foram demitidos na rodoviária, alerta sindicato
Justiça
MPF pede arquivamento de inquérito contra Adélio por facada em Bolsonaro
Polícia
Após chamar Caio de “resto de incêndio”, Renatto fala em brincadeira diz estar arrependido