Menu
Busca segunda, 28 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Especialista diz que Copa no Brasil é mais bem organizada que Jogos de Londres

01 julho 2014 - 11h45Via G1
David Ranc, um especialista francês em esportes e relações internacionais, afirmou à imprensa francesa que a Copa do Mundo no Brasil neste ano está sendo mais bem organizada que a Olimpíada de Londres, de 2012. O pesquisador faz parte do projeto Pesquisa em Futebol em uma Europa Expandida (Free, na sigla em inglês), um consórcio que reúne universidades de vários países da União Europeia e da Turquia. Após a polêmica, ele escreveu um artigo no site do projeto reafirmando sua comparação e deu explicações sobre o assunto.

Para Ranc, o grande número de reportagens negativas e críticas feitas antes do início da Copa são fruto de racismo e preconceito contra países do Hemisfério Sul, e que não aparecem quando se trata de mega eventos organizados pelo Hemisfério Norte.

O pesquisador citou três exemplos de como os Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, tiveram fatos que mostram uma organização pior que a que o Brasil vem mostrando na Copa: o fato de que muitas cadeiras ficaram vazias em várias competições, ao ponto de os organizadores chamarem membros do exército para preenchê-las; a mobilização do exército britânico para cobrir as lacunas da empresa privada contratada para cuidar da segurança dos Jogos, já que ela acabou contratando menos seguranças do que o necessário; e um incidente no qual o governo britânico permitiu que o exército instalasse um lança-míssil em propriedade privada nos arredores dos locais de eventos esportivos.

Outras gafes, como quando a bandeira da Coreia do Sul foi confundida com a da Coreia do Norte, ofendendo os competidores.

No caso do Brasil, o alarde foi sobre estádios e obras de mobilidade que não ficariam prontos a tempo e atrapalhariam o andamento do evento, além das manifestações que se espalhariam pelas cidades-sede. "A não ser que eu esteja enganado, até agora nada disso aconteceu realmente."

Sem querer criticar a Olimpíada de Londres, que ele disse que foi em geral bem organizada, o pesquisador explica o motivo da comparação: mostrar o abismo entre realidade e percepção. “Sempre que um evento é organizado em um país do Sul, o discurso, e a memória, é de um fiasco em potencial, que em geral não se materializa. Sempre que um evento é organizado em um país nórdico, o discurso, e a memória, é de sucesso, mesmo quando houve fiascos de verdade”, diz Ranc.
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Moreninhas terá Torneio de Pênaltis com prêmios em dinheiro
Esportes
Covid-19: com seis infectados, Flamengo encara Barcelona-EQU nesta terça
Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo

Mais Lidas

Polícia
Operação manda mais 580 pessoas pra casa após toque de recolher
Educação
Audiência pública aponta que não há condições para volta às aulas na Capital
Polícia
Idoso é encontrado morto em valeta
Geral
Governo da início ao processo de licitação para restauração do Centro Cultural José Octávio Guizzo