Menu
Busca terça, 02 de junho de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Estrelas do futebol leiloam camisas na luta contra coronavírus

A iniciativa começou com o zagueiro do Santa Cruz de Recife, Danny Morais

01 abril 2020 - 14h54Priscilla Porangaba, com informações dao GE

Sensibilizado com a pandemia do novo coronavírus, Danny Morais, o zagueiro do Santa Cruz de Recife  decidiu ajudar os mais necessitados. 

A forma encontrada pelo jogador gaúcho foi autografar a camisa do time pernambucano e leiloar na internet. “Estava em casa de quarentena, como todo mundo. E comecei a ver vários alguns desafios na internet, até participei de vários. Mas ficava pensando em uma forma fazer algo para ajudar nesse momento de dificuldades. A ideia era criar um desafio do bem que pudesse retornar em ajuda aos afetados pelo vírus e pelo pessoal da linha de frente. Então pensei em leiloar uma camisa do Santa Cruz autografada por mim ", lembra Danny Morais, idealizador da campanha 'Desafio Corona'.

Um deles é o goleiro Alisson, da seleção brasileira e do Liverpool, que também é embaixador da Organização Mundial de Saúde (OMS). "O mundo está passando por uma situação complicada e o Brasil precisa da gente no combate ao novo coronavírus. Independentemente das ações que fizermos individualmente, uma campanha com a participação de tantos atletas e personalidades públicas pode ajudar as pessoas a entenderem que todos precisam contribuir de alguma forma. Além de ficarmos em casa e seguirmos as recomendações dos órgãos de saúde, atitudes primordiais nessa luta contra a pandemia, o Desafio Corona é uma forma de dar algum tipo de suporte para que hospitais continuem tendo a capacidade de atender todos os acometidos pela doença, além de melhorar a segurança dos profissionais de saúde, pessoas essenciais nessa batalha. E não podemos esquecer das famílias que serão afetadas pelos desdobramentos da pandemia”.

Denílson, pentacampeão mundial com a seleção brasileira, também está engajado. “Aceitei mais este chamado. Estamos vivendo uma situação extremamente atípica e sensível. Mais do que nunca, precisamos ser responsáveis e pensar no próximo. Juntos, seremos mais fortes e lutaremos contra essa pandemia. A ideia é ajudar da melhor maneira possível e contribuir de forma efetiva nesse combate ao coronovírus. Estamos com algumas ideias e o Desafio Corona é apenas o primeiro projeto. Espero que muitos atletas e personalidades abracem a causa e nos ajudem em mais essa importante campanha”, convocou o pentacampeão.

O Instituto da Criança é o parceiro social responsável pela gestão das doações, prestação de contas e apresentação de resultados do Desafio Corona. A ideia é destinar a verba para a compra de equipamentos fundamentais para o combate ao coronavírus, como respiradores, luvas e máscaras. Os produtos serão destinados a hospitais de diversas regiões do Brasil, de acordo com a necessidade e viabilidade. 

As camisas disponíveis no site terão valores variados de acordo com a raridade de cada produto. Não se trata de leilão e, segundo os organizadores, os itens doados terão um preço pré-estabelecido. O site também aceitará doações livres, com depósitos liberados em diversos valores.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Handebol é a nova videoaula disponível para manter treinos em casa
Esportes
Ex-técnino de seleção, Vadão é internado devido à complicações de câncer
Esportes
Futebol na Alemanha reinicia neste sábado
Esportes
Coronavírus: Fifa cancela cerimônia de entrega do prêmio Melhor do Ano
Esportes
Coronavírus - “Não está nem no pico e muito menos diminuindo”, diz Mandetta
Esportes
Guanandizão terá jogos internacionais de vôlei após pandemia, diz Governo
Esportes
Dia do goleiro é celebrado por times de todo o mundo
Esportes
Pré-olímpico de handebol masculino é remarcado para março de 2021
Esportes
Mundial de Vôlei de Praia é adiado para 2022
Esportes
Evento na Serra da Bodoquena é adiado

Mais Lidas

Polícia
Família busca por homem que desapareceu no Rita Vieira
Brasil
Mandetta quer mudar ou sair de "quarentena"
Cidade
Grupo antifascista organiza protesto em Campo Grande
Geral
Mapa do Feminicídio é lançado nesta segunda e mostra dados alarmantes