Menu
Busca segunda, 17 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Esportes

Felipão busca 'bagagem' e humor em palestras para jogadores antes da Copa

21 maio 2014 - 11h14Via Uol
Passar experiência, mas sem perder a ternura e com um pouco de humor. Esse é o roteiro planejado por Luiz Felipe Scolari para as palestras aos jogadores da seleção durante a Copa do Mundo. O técnico vai chamar ex-atletas, técnicos e pensa até em personalidades de fora do futebol para conversar com seus convocados.

O ex-goleiro Marcos e o técnico Rubens Minelli foram os primeiros a receber o convite e aceitaram. Eles vão falar com os jogadores antes do amistoso contra a Sérvia, em São Paulo, no dia seis de junho.

Felipão deve repetir o perfil da dupla com os outros convidados: um ex-jogador conhecido dos atletas e capaz de fazer rir e um personagem, ex-jogador ou técnico, vitorioso no futebol para contar experiências do passado e histórias de conquista de títulos. Foi assim, por exemplo, antes da final da Copa das Confederações de 2013, quando Ricardo Rocha e Evaristo de Macedo conversaram com o time.

"Não vou preparar nada. Vai ser uma conversa mesmo, foi o que o Felipão me disse. Passei a minha carreira falando com os jogadores. Os meninos de agora só conheço pela televisão. Vai ser bom conhecer eles", afirmou Rubens Minelli ao Uol Esporte.

Primeiro treinador a conquistar três Campeonatos Brasileiros na sequência (1975, 1976 e 1977), os dois primeiros com o Internacional e o último com o São Paulo, Minelli é tido com um dos precursores do futebol pragmático no Brasil. Suas equipes tinham jogadores técnicos, até sabiam jogar bonito, mas marcavam e eram competitivas. Scolari se diz um seguidor do paulista que fez sucesso no Rio Grande do Sul na década de 70.

"Ele jogava no Caxias quando eu era treinador do Internacional. Nos conhecemos nessa época", conta Minelli.

O último trabalho do técnico de 85 anos no futebol foi em 2002, no Coritiba, como dirigente. Mais da metade dos convocados de Felipão para a Copa do Mundo nem tinha estreado como jogador profissional na época.

O mesmo não pode ser dito de Marcos, figura conhecida e até idolatrada por alguns jogadores da seleção.

"Quando a gente é criança, sempre que vai ficar no gol e faz uma defesa, grita o nome de um goleiro. Eu sempre que defendia uma bola gritava 'Maaaaarcoos'", revelou Neymar em entrevista ao documentário "Santo Marcos", sobre o goleiro.

Não foi somente o histórico de títulos que levou Scolari a escala-lo para a conversa com os seus convocados. Com fama de piadista e contador causos, ele também deverá fazer os jogadores rirem.   

"Não é palestra nada. Na Copa das Confederações foi assim, fui lá, sentei com os caras, tomei um cafezinho e joguei conversa fora", define Marcos.
Genetica 1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Tite volta a chamar Gabigol e Daniel Alves para a Seleção
Esportes
Nesta terça, Libertadores tem rodada com Palmeiras, Flamengo Internacional e Santos
Esportes
Morre o jornalista esportivo Fernando Caetano, ex-Fox Sports e ESPN
Esportes
Em busca da Champions League, Neymar renova contrato com o PSG até 2025
Esportes
AGORA É LEI: Atividade física é serviço essencial em MS
Esportes
Times brasileiros voltam a campo nesta quarta pela Libertadores e Sul-americana
Esportes
Atual campeão da Libertadores, Palmeiras recebe Del Valle pela 2ª rodada da competição
Esportes
Pista de skate improvisada por garotos do Aero Rancho é destruída
Esportes
Aos 16 anos, ciclista Chapadense assina contrato com Portugal
Esportes
Sorteio define grupos das seleções masculina e feminina de futebol na Olimpíada

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio