Menu
Busca quarta, 30 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Fifa vê gramados 'abaixo do padrão' e quer trocas para 2014

24 junho 2013 - 10h52Via Terra
De acordo com a coluna Painel FC desta segunda-feira do jornal Folha de S.Paulo, o estado dos gramados brasileiros na Copa das Confederações tem causado incômodo entre os dirigentes da Fifa. Apesar de modernos, os novos estádios levantados ou reformados exclusivamente para as Copas disputadas no Brasil sofrem duras críticas pela qualidade do campo.

Ainda segundo o diário, até o gramado do Mineirão, considerado um dos melhores da Copa das Confederações 2013, terá que sofrer reparos para a semifinal Brasil x Uruguai, na quarta-feira. O gramado do Mané Garrincha desagradou logo na estreia e o da Arena Pernambuco enfrenta problemas de irrigação. Para a Fifa, nenhum deles está no "padrão" exigido pela entidade e todos terão que ser reformados para 2014 - o de Brasília, estádio mais caro do país, totalmente trocado.
Terra Benta

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Águia Negra enfrenta o líder do grupo e busca sua primeira vitória no Brasileiro
Esportes
Grêmio, Inter e Athletico-PR podem se classificar hoje para às oitavas da Libertadores
Esportes
Moreninhas terá Torneio de Pênaltis com prêmios em dinheiro
Esportes
Covid-19: com seis infectados, Flamengo encara Barcelona-EQU nesta terça
Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia

Mais Lidas

Cidade
Vídeo - Famílias perdem tudo em incêndio Noroeste; saiba como ajudar
Cidade
Ação une irmãs do MT e MS em prol de animais do Pantanal
Justiça
Acusado de matar a tia com 24 facadas é condenado a 8 anos de prisão
Polícia
PMA autua pecuarista em R$ 10 mil por animais silvestres em cativeiro