Menu
Busca sexta, 25 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Esportes

Filme sobre F-1 tem narrativa romântica e abre a guarda do 'sisudo' Lauda

13 setembro 2013 - 11h23Via Uol
Muitos são os motivos para que fãs de automobilismo se interessem por Rush, a recriação romântica da temporada de 1976 da Fórmula 1, pontuada pela intensa rivalidade entre Niki Lauda e James Hunt. Pode-se falar na premissa do filme ou do impressionante trabalho de "encarnação"' do piloto austríaco pelo ator Daniel Bruhl (Chris "Thor" Hemsworth faz um trabalho decente na pele de Hunt, mas que não chega aos pés de Bruhl). Mas o grande trunfo do filme dirigido por Ron Howard foi ter aberto a guarda do sisudo Lauda.

Dono de uma biografia que anteriormente já havia despertado a atenção de roteiristas e diretores, Lauda dissera nãos com a mesma tenacidade usada ao volante, apesar de ter escrito cinco livros, entre eles uma autobiografia. O roteiro de Peter Morgan, porém, trouxe um apelo que tentativas anteriores pareceram não compreender. Três títulos mundiais e a sobrevivência num dos mais tenebrosos acidentes do automobilismo não pareciam motivos suficientes para Lauda endossar um projeto cinematográfico. O misto de rivalidade e camaradagem com Hunt, sim.

"Foi possível ver que tínhamos atraído a atenção de Niki quando apresentamos a ideia para ele. Tínhamos na mão uma história de yin e yang, mas acima de tudo o fato de que Niki mudava de expressão toda as vezes em que falava de James", explica Morgan, numa rodada promocional de entrevistas sobre o filme realizada no início do mês, em Londres.

Um dos pilotos menos midiáticos que já passaram pela F-1, Lauda é conhecido pela sinceridade brutal. Que o diga Daniel Bruhl. Escolhido por Howard para o papel do austríaco, o autor de dupla nacionalidade germânico-espanhola conta que em seu primeiro contato com o ex-piloto recebeu um convite para uma visita que o deixou pouco à vontade. "Niki combinou de nos encontrarmos em Viena para um conversa, mas ordenou que eu levasse apenas bagagem de mão, para o caso de ele não ir com a minha cara e me mandar embora na primeira noite."

Lauda, porém, foi com a cara de Bruhl. E com o endosso do tricampeão mundial, o ator desenvolveu um trabalho minucioso de recriação em Rush que inclui uma passagem no final em que uma narração em off parece ser de Lauda, mas na verdade é de Bruhl. O austríaco, numa recente entrevista à agência de notícia Reuters, disse ter visto o filme três vezes. Pouco documentado é o fato de Lauda, apesar de não ter qualquer poder criativo sobre o roteiro, ter "cornetado" a produção com frequência.

"Um dia recebi um telefonema de Niki durante as filmagens. Ele tinha visto algumas cenas e tinha ficado irritado com detalhes mínimos. Reclamou que nunca tinha usado aliança de casamento enquanto corria. Também é impressionante como ele analisa momentos de sua vida com uma frieza que não se vê todo dia", conta Bruhl.

Em especial o acidente no GP da Alemanha que em 1976 deixou Lauda à beira da morte e com graves queimaduras. Porém, 43 dias depois ele estava de volta às pistas. Rush captura o drama mas se concentra principalmente nas diferenças de temperamento entre Lauda e Hunt. O inglês deixou o mundo dos vivos em 1993, vítima de um ataque cardíaco, o que obviamente o impediu de participar do filme. Algo que parece ter deixado Lauda, hoje com 64 anos, nostálgico. Mas não menos ranzinza.

"Durante a elaboração do roteiro, perguntaram-me se eu colocava o capacete ou as luvas primeiro. Precisei explicar para os idiotas que é muito mais simples colocar o capacete primeiro"', resmungou Lauda à Reuters.
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Moreninhas terá Torneio de Pênaltis com prêmios em dinheiro
Esportes
Covid-19: com seis infectados, Flamengo encara Barcelona-EQU nesta terça
Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo

Mais Lidas

Cidade
Parque das Nações deve reabrir dia 9 de outubro
Cidade
Procon suspende atividades de Auto Escola
Cidade
Anatel pode impedir ligações de telemarketing indesejadas no MS
Polícia
Vídeo: Oficial da Marinha morre afogado após gritar: "Eu já tenho a salvação!”