Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Esportes

Hamilton tira vitória de Vettel, Alonso é 3º nos EUA, e decisão será no Brasil

18 novembro 2012 - 21h05Reuters

No Velho Oeste de Austin, capital do Texas, Sebastian Vettel não levou o título antecipado e sequer a vitória no GP dos Estados Unidos deste domingo. Como nos clássicos filmes de faroeste, Lewis Hamilton encarnou o forasteiro e invadiu o saloon preparado para uma possível festa do tri do alemão. Ultrapassou Vettel a 14 voltas do fim e venceu a 19ª etapa da temporada 2012 da Fórmula 1. Em segundo, o piloto da RBR só ergueria a taça se seu rival na briga pelo campeonato, Fernando Alonso, fosse oitavo. E naquela altura da prova, nem a vitória serviria mais para Vettel ser campeão no Circuito das Américas: após ser rápido no gatilho na largada e pular de sétimo para quarto, o espanhol da Ferrari ainda cruzou a linha de chegada em terceiro, adiando a disputa do título para a última corrida do ano, o GP do Brasil, dia 25 de novembro, em Interlagos.

Com o resultado, Vettel chegou aos 273 pontos, aumentando a vantagem na liderança para Alonso de dez para treze pontos. Entretanto, foi o espanhol quem saiu de Austin com o gostinho de vitória. Após temer perder o caneco para o alemão já neste domingo, ele segue para São Paulo ainda vivo no campeonato.

O cenário passou a ser o seguinte: para Vettel levantar a taça sem depender do espanhol, precisa chegar em quarto no Brasil. Já para Alonso levar o título, tem que vencer e torcer para o rival ser no máximo quinto. Se chegar em segundo, o alemão da RBR não poderá passar de oitavo. Se cruzar em terceiro, Vettel poderá chegar no máximo em décimo.

Felipe Massa fez boa prova e terminou em quarto. Mas poderia ter ido mais além, caso não fosse uma atitude polêmica e estratégica da Ferrari, poucas antes de começar a prova. A equipe de Maranello violou propositalmente o lacre da caixa de marcha do carro do brasileiro para forçar uma punição de cinco posições no grid com o objetivo de favorecer Alonso. Com isso, o espanhol passou de oitavo para sétimo e passou a largar do lado limpo da pista. Partindo de 11º, Massa fez uma bela corrida de recuperação. Com boas manobras, como as ultrapassagens sobre Michael Schumacher e Kimi Raikkonen, cruzou em quarto. Bruno Senna também teve um bom desempenho e foi recompensado com o décimo lugar, que lhe rendeu um ponto.

Como prêmio de consolação para Vettel, seu segundo lugar deu à RBR o tricampeonato do Mundial de Construtores, mesmo com o abandono de Mark Webber por causa de problemas mecânicos. A escuderia austríaca chegou aos 440 pontos e não pode mais ser alcançada pela vice-líder Ferrari, que possui 367.

Foi a primeira corrida realizada no novíssimo Circuito das Américas, construído especialmente para a Fórmula 1. A última prova disputada nos EUA havia sido em 2007, no traçado misto de Indianápolis, também vencida por Hamilton. A categoria busca conquistar de vez o grande mercado consumidor de automobilismo nos Estados Unidos. E a resposta das arquibancadas foi boa. Em um domingo ensolarado, cerca de 130 mil lotaram o autódromo para prestigiar a prova que podia decidir o campeonato.

Agora é a torcida brasileira que fica com o privilégio de presenciar a disputa final da taça. O GP do Brasil, última etapa da temporada, definirá quem será o tricampeão mais jovem da história da Fórmula 1: Vettel, de 25 anos, ou Alonso, de 31. O recorde pertence a Ayrton Senna, obtido em 1991 aos 31 anos, seis meses e 29 dias. A corrida de Interlagos será no próximo domingo, dia 25 de novembro, a partir das 16h (de MS).

Confira o resultado final do GP dos Estados Unidos:

1 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) – 1h35m55s269
2 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) – a 0s600
3 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) – a 39s200
4 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) – a 46s000
5 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) – a 56s400
6 - Kimi Raikkonen (FIN/Lotus-Renault) – a 1m04s400
7 - Romain Grosjean (FRA/Lotus-Renault) – a 1m10s300
8 - Nico Hulkenberg (ALE/Force India-Mercedes) – a 1m13s700
9 - Pastor Maldonado (VEN/Williams-Renault) – a 1m14s500
10 - Bruno Senna (BRA/Williams-Renault) – a 1m15s100
11 - Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari) – a 1m24s300
12 - Daniel Ricciardo (AUS/STR-Ferrari) - a 1m24s800
13 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) – a 1m25s500
14 - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) – a 1 volta
15 - Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) – a 1 volta
16 - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) – a 1 volta
17 - Vitaly Petrov (RUS/Caterham-Renault) – a 1 volta
18 - Heikki Kovalainen (FIN/Caterham-Renault) – a 1 volta
19 - Timo Glock (ALE/Marussia-Cosworth) – a 1 volta
20 - Charles Pic (FRA/Marussia-Cosworth) – a 2 voltas
21 - Pedro de la Rosa (ESP/HRT-Cosworth) – a 2 voltas
22 - Narain Karthikeyan (IND/HRT-Cosworth) – a 2 voltas

Abandonaram:
Mark Webber (AUS/RBR-Renault) – na volta 17
Jean-Eric Vergne (FRA/STR-Ferrari) – na volta 15

Via G1

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo
Esportes
Brasileirão deste sábado tem Flamengo, Corinthians e Santos
Esportes
Goleiros titular e reserva do Flamengo testam positivo para covid

Mais Lidas

Geral
MS aumenta rigor e autuações contra queimadas já superam ano de 2019
Polícia
Queda de árvore queimada em rodovia causa acidente que deixa 12 mortos
Clima
Chuva foi pequena, mas ocorreu em 21 municípios de MS
Vídeos
AO VIVO: Acompanhe a 1ª Parada online da Cidadania e do Orgulho LGBTQIA+/MS