Menu
Busca sábado, 19 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
TJMS setembro20
Esportes

Imagem forte: Vídeo mostra atleta quebrando as pernas ao levantar peso

Alexander Sedykh, campeão russo de powerlifting, ficará dois meses sem levantar da cama do hospital

14 agosto 2020 - 16h13Flávio Veras, com informações do Ge.com

Uma cena forte marcou o Campeonato Europeu de powerlifting, disputado essa semana em Moscou na Rússia. Alexander Sedykh estava tentando levantar quase 400 quilos, se desequilibrou e quebrou as duas pernas.

Segundo informações do portal G1, o russo foi levado às pressas para o hospital, onde precisou passar por duas cirurgias.

- O principal é que devo ficar deitado imóvel na cama por dois meses. Vai levar tempo para me recuperar. Eu tive meu quadríceps costurados e meus joelhos já colocados de volta - disse, em entrevista ao TMZ Sports.

É importante lembrar que essa modalidade não é o levantamento de peso que é disputado em Olimpíadas. Nos Jogos Olímpicos, os atletas levantam o peso do chão e o levam para cima da cabeça, enquanto no powerlifting, o peso já está elevado no início do movimento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo
Esportes
Brasileirão deste sábado tem Flamengo, Corinthians e Santos
Esportes
Goleiros titular e reserva do Flamengo testam positivo para covid

Mais Lidas

Polícia
Vídeo - Armado, prefeito de Rio Verde bate boca com manifestantes
Fim de Semana
Live deste sábado terá Naiara Azevedo e mais
Oportunidade
PMA de Amambai autua infrator em R$ 5,5 mil por desmatamento ilegal
Geral
Luísa Sonza está sendo processada por suposto ato racista