Menu
Busca sábado, 26 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Esportes

Jornal: Lúcio burlou regra e levou próprio preparador ao São Paulo

15 setembro 2013 - 07h33Via Terra
De acordo com informações do jornal Estado de S. Paulo, o afastamento de Lúcio, no São Paulo, foi definido ainda por Paulo Autuori depois de uma transgressão aos regulamentos internos. O zagueiro levou ao Centro de Treinamento da Barra Funda, por mais de uma vez, seu preparador físico particular para avaliações. A atitude não foi autorizada pela comissão técnica na ocasião e gerou a retirada de Lúcio do grupo de jogadores.

Atualmente, o pentacampeão mundial treina separadamente no São Paulo e sem perspectivas de ser reintegrado na atual temporada. Em sua primeira semana no cargo, Muricy Ramalho já descartou a possibilidade de rever a decisão tomada por Autuori. De acordo com o jornal, o afastamento de Lúcio havia despertado alívio na própria direção são-paulina. Sua única possibilidade de negociação neste momento é com o Oriente Médio, mas o contrato atual é vigente até o fim de 2014.
Rota do Pantanal

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Moreninhas terá Torneio de Pênaltis com prêmios em dinheiro
Esportes
Covid-19: com seis infectados, Flamengo encara Barcelona-EQU nesta terça
Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo

Mais Lidas

Polícia
Trio é preso pela com caminhonete furtada em MS
Cidade
Plano de emergência tenta evitar desabastecimento em Corumbá
Geral
Carlos Iglesias causa confusão em restaurante de São Paulo
Brasil
Após fala de Bolsonaro, dona de casa cobra na Justiça auxílio de 1 mil dólares