Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
Gov - Estado que Cresce (set21)
Esportes

José Aldo: 'Brasil voltará a dominar o UFC'

02 junho 2014 - 10h16Via Terra
Foi-se o tempo em que o Brasil era o país que fazia frente aos Estados Unidos em números de cinturões do UFC. Hoje, de nove categorias, os brasileiros são campeões de apenas uma, enquanto os americanos ficam com as outras oito. José Aldo, nas categoria peso-pena, é único remanescente do país.

Para Aldo, que vai para a sua sétima defesa de título no UFC, contra Chad Mendes, dia 2 de agosto, o Brasil voltará a equilibrar os cinturões na competição. “É tudo uma questão de fase. Os americanos souberam aproveitar melhor suas oportunidades, mas temos grandes lutadores chegando e voltaremos a dominar o campeonato", disse ao Terra, durante a gravação de um comercial.

A derrocada do país começou com a derrota de Júnior Cigano para Cain Velasquez, no UFC 155, em 2012. Depois foi a vez de Anderson Silva perder a majestade. O “Spider” foi nocauteado por Chris Weidman, no UFC 162, em 2013. O último revés aconteceu com Renan Barão, em maio deste ano. O brasileiro foi derrotado por TJ Dillashaw, no UFC 173.

E não faltaram oportunidades para os brasileiros. Na categoria meio-pesado, três lutadores do país tiveram a oportunidade de destronar Jon Jones. Lyoto Machida e Vitor Belfort foram finalizados, e Glover Teixeira perdeu por decisão unânime.

Nos pesados, Pezão e Cigano tiveram a chance de tomar o cinturão de Cain Velasquez, mas acabaram nocauteados pelo americano. E nos médios, Anderson Silva teve sua revanche com Chris Weidman, mas acabou quebrando a perna e perdendo mais uma vez.

Apesar do retrospecto negativo, os brasileiros terão pelo menos outras duas oportunidades até o final da temporada. Lyoto Machida, agora nos médios, já está com luta marcada contra Chris Weidman, e Fabrício Werdum será o próximo adversário de Cain Velasquez entre os pesados.

José Aldo acredita especialmente na categoria dos médios. “A possibilidade de retomarmos o cinturão dos médios é muito grande, a categoria está cercada de brasileiros com chances de título. Já temos o Lyoto, o Vitor (Belfort) e o Jacaré (Ronaldo)”. No entanto, o lutador de Manaus não esquece do companheiro de treinos na Nova União. “Também aposto no Júnior Cigano, que tem muito talento e está treinando muito bem”,
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Dardistas de MS são convocados para os Sul-Americanos Sub-18 e Sub-23 de Atletismo
Esportes
Marta passa Pelé na artilharia da Seleção
Esportes
Atletas da capital vão representar MS em Campeonato Jiu-Jitsu
Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade
Esportes
Anvisa paralisa jogo Brasil x Argentina e jogadores poderão ser deportados
Esportes
Campeonato Brasileiro de Handebol acontece de 03 a 07 de setembro em MS
Esportes
MS recebe Campeonato Brasileiro de Handebol neste fim de semana e feriado
Esportes
Primeiro ouro de parataekwondo da história vai para brasileiro

Mais Lidas

Geral
Vídeo: "Peixe de bosteiro", morador de rua engana população de Paranaíba
Polícia
Menino de 2 anos mata prima atropelada após dar partida em carro
Polícia
Funcionários da Energisa ficam sob mira de arma ao tentar podar árvores na Vila Olinda
Polícia
Operação “Dark Money” investiga desvio de R$ 23 milhões no esquema de corrupção em Maracaju