Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Esportes

Massa diz que punição a Pérez foi branda: 'Ele já fez isso antes'

09 junho 2014 - 11h00Via Uol
Para Felipe Massa, a perda de cinco colocações no grid dada pelos comissários a Sergio Perez, da Force India, por ter causado o acidente entre ambos, na última volta do GP do Canadá, foi branda demais.

"Há três ou quatro anos ficou claro qual é a regra, você não pode mudar sua trajetória quando o piloto que vem atrás está do seu lado, te ultrapassando. O Perez já fez isso antes e foi punido, portanto é pouco o que lhe deram."

Liberado pelos médicos do hospital Sacré Coeur de Montreal, depois de exames, Massa decidiu regressar ao Circuito Gilles Villeneuve. No motorhome da Williams, disse ter se encontrado com Perez no hospital. "Falei com ele, eu estava e estou profundamente desapontado, pois hoje era dia para chegar no pódio, ele riu na minha cara, virou as costas e foi embora."

Massa comentou que o mexicano terá de aprender. "Queria que estivesse na minha posição, foi perigoso, poderia ter batido no carro do Vettel. A desaceleração foi de 27 G, muito grande." Apesar de não ter sofrido nada, o piloto da Williams disse: "Estou um pouco zonzo, a batida foi forte, mas estou aqui, pronto para outra."

O que incomoda Massa é o fato de Perez ter, na sua opinião, desviado o carro para a esquerda, por onde ele passava, antes de iniciar a frenagem, ao contrário do que todos imaginavam a princípio. "Eu tenho certeza de que foi antes. Se ele estivesse freando eu não bateria, seguiria reto, por estar do lado dele."

O sentimento de perda de Massa era grande. "Vai ser difícil a Mercedes ter problemas de novo, como aqui. Nossa chance de subir no pódio era gigante, não estou falando nem em vencer. O Daniel Ricciardo (da Red Bull, vencedor da prova) estava atrás de mim e ganhou", lembrou Massa.

A possibilidade de vitória, aventada pelo piloto, deixou de existir, praticamente, com o problema no pit stop. Na 15.ª volta de um total de 70, Massa perdeu cerca de cinco segundos a mais da média. "A pistola do pneu dianteiro direito não funcionou e tiveram de pegar a reserva." Isso fez com que perdesse três posições, para Ricciardo, Fernando Alonso, da Ferrari, e Jean-Eric Vergne, da Toro Rosso. Alonso e Vergne os ultrapassou depois.

Massa afirmou: "Acho que disputei uma corrida excepcional, hoje".

Sobre a próxima etapa do campeonato, o GP da Áustria, dia 22, o piloto da Williams disse gostar do traçado do Circuito Red Bull Ring. "Estive lá em 2002 (pela Sauber-Ferrari) e tive um problema, andei pouco." Era o sétimo no grid, mas abandonou com um problema na suspensão, ainda na sétima volta. A última edição da prova foi em 2003, quando Massa era piloto de testes da Ferrari. "O traçado da Áustria não é tão bom para o nosso carro como este aqui do Canadá, mas vamos lá."
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Prefeitura retoma gradualmente as oficinas de esportes coletivos
Esportes
Tite volta a chamar Gabigol e Daniel Alves para a Seleção
Esportes
Nesta terça, Libertadores tem rodada com Palmeiras, Flamengo Internacional e Santos
Esportes
Morre o jornalista esportivo Fernando Caetano, ex-Fox Sports e ESPN
Esportes
Em busca da Champions League, Neymar renova contrato com o PSG até 2025
Esportes
AGORA É LEI: Atividade física é serviço essencial em MS
Esportes
Times brasileiros voltam a campo nesta quarta pela Libertadores e Sul-americana
Esportes
Atual campeão da Libertadores, Palmeiras recebe Del Valle pela 2ª rodada da competição
Esportes
Pista de skate improvisada por garotos do Aero Rancho é destruída
Esportes
Aos 16 anos, ciclista Chapadense assina contrato com Portugal

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio