Menu
Busca segunda, 20 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS setembro21
Esportes

Massa elogia Frank Williams e projeta devolver era de vitórias à equipe

15 janeiro 2014 - 10h54Via Uol
O brasileiro Felipe Massa falou sobre os dois primeiros dias na fábrica da Williams, na Inglaterra, e elogiou o início da convivência com o dono da equipe, Frank Williams. Em entrevista ao site da escuderia britânica, Massa disse que espera ajudar o time a viver os dias de glórias do passado.

"Frank é uma das pessoas mais famosas do paddock e alguém que é admirado por todos pelo que alcançou no esporte. Ele é parte da história da Fórmula 1. Eu não o conhecia muito bem antes de me juntar à equipe, mas depois de passar um tempo com ele, é um cara muito legal e estou ansioso para correr com ele", disse o brasileiro.

Massa falou ainda que a parceria com a Williams teve recepção positiva entre os torcedores por causa da identificação da equipe com os brasileiros. A escuderia britânica é a que teve mais pilotos do Brasil na história da Fórmula 1.

"Meus fãs ficaram muito felizes porque eu mudei para a Williams, especialmente pela história que o time tem no Brasil com pilotos do passado como Nelson (Piquet) e Ayrton (Senna). Isso fez a equipe ser muito famosa no Brasil, então eu estou muito feliz por estar aqui e espero ajudar a levar o time de volta ao lugar de antes e lutar por vitórias", afirmou.

O piloto, que deixou a Ferrari no fim de 2013 após oito temporadas, disse que teve uma boa impressão no primeiro contato com a Williams.

"A equipe tem uma grande fábrica aqui, com bons recursos, então eu sei que temos tudo o que precisamos para ser competitivos. É uma grande equipe, com uma grande história, então o foco está em fazer todas as peças trabalharem bem em conjunto e nos levar à direção certa", disse Massa. "Estou gostando de trabalhar com minha equipe de engenheiros", completou o brasileiro.

A Williams não conquista um título mundial na Fórmula 1 desde 1997, quando o canadense Jacques Villeneuve faturou a temporada após uma intensa disputa com Michael Schumacher, da Ferrari. Aquela foi a última temporada da parceria com os motores Renault, que marcou a era de conquistas de Nigel Mansell, em 1992, Alain Prost, em 1993, e Damon Hill, em 1996.

Desde então, a Williams só figurou entre as equipes competitivas entre 2000 e 2005, quando corria com motores BMW. Nas últimas oito temporadas, no Campeonato de Construtores, a escuderia britânica conseguiu como melhor resultado um quarto lugar em 2007, quando disputou com motores Toyota e teve como pilotos Nico Rosberg, hoje na Mercedes, Alexander Wurz e Kazuki Nakajima, ao longo de toda a competição.

Após a temporada de 2004, quando Juan Pablo Montoya venceu com uma Williams o GP do Brasil, a equipe britânica voltou ao lugar mais alto do pódio apenas uma vez, em 2012, com Pastor Maldonado. O venezuelano venceu de forma surpreendente o GP da Espanha.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Marta passa Pelé na artilharia da Seleção
Esportes
Atletas da capital vão representar MS em Campeonato Jiu-Jitsu
Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade
Esportes
Anvisa paralisa jogo Brasil x Argentina e jogadores poderão ser deportados
Esportes
Campeonato Brasileiro de Handebol acontece de 03 a 07 de setembro em MS
Esportes
MS recebe Campeonato Brasileiro de Handebol neste fim de semana e feriado
Esportes
Primeiro ouro de parataekwondo da história vai para brasileiro
Esportes
Brasil enfrenta Chile pelas Eliminatórias da Copa do Catar

Mais Lidas

Internacional
Vídeo: Vulcão entra em erupção nas Ilhas Canárias
Polícia
Mulher é sequestrada no Itanhangá Park e família paga R$ 18 mil em resgate
Oportunidade
Concurso da Caixa Econômica tem vagas para MS e salário de R$3 mil
Geral
Criança de 5 anos morre em acidente na MS-141