Menu
Busca sábado, 15 de agosto de 2020
(67) 99647-9098
TJMS agosto/20
Esportes

Muricy acha 'muito difícil' volta de Diego e Robinho

10 novembro 2012 - 12h53JF Diorio/AE

Muricy Ramalho disse nesta sexta-feira que não há condição para o Santos contratar Robinho na próxima janela de transferências internacionais, a partir de 1º de janeiro de 2013. Diego é outro jogador que o treinador considera ''muito difícil'' de retornar ao clube, por custar muito caro, embora os dirigentes prometam repatriar os dois ídolos da geração de 2002 visando a formação de um supertime para 2013.

"Robinho estava entre os jogadores que o Santos tinha interesse em contratar. Diego era outro, mas as condições financeiras não dão a mínima condição. Daí, dizer que Robinho vai vir é complicado", admitiu o comandante santista, ao responder sobre os próximos reforços que o clube deve contratar, depois da chegada do zagueiro Neto, do Guarani, na quinta-feira. "Estamos trabalhando em outras frentes", acrescentou o treinador.

O advogada Marisa Alija, que cuida dos interesses de Robinho no Brasil, também não vê possibilidade de o atacante do Milan retornar ao futebol brasileiro no momento. "A gente ouve especulações, mas Robinho tem contrato até junho de 2014 com Milan, está feliz no clube e é bem tratado".

A advogada trabalha para Robinho desde 2004 e conta que o seu último contato com o jogador foi há três dias. "E ele não me disse nada sobre a possibilidade de sair do Milan. O que Robinho não esconde e a sua predileção pelo Santos e a vontade de voltar a atuar pelo clube um dia, mas sem definir data". Também Gilvan de Souza, pai de Robinho, não acredita que o filho vai voltar tão cedo ao futebol brasileiro.

A esperança dos dirigentes do Santos é de que se confirme os rumores que o Milan estaria interessado na contratação do goleiro Rafael e do meia Felipe Anderson. A inclusão de um dos dois jogadores nas negociações baixaria muito o investimento para o retorno de Robinho. O atacante custou 18 milhões de euros ao contratar o jogador do Manchester City, em 2010, e a sua multa contratual estaria estipulada em 22 milhões de euros (aproximadamente R$ 57 milhões, quatro vezes o valor recebido pelo Santos na venda de Ganso ao São Paulo).

Muricy ainda espera pela chegada de um bom lateral-esquerdo, de um armador de estilo semelhante ao de Ganso e de mais atacante. O primeiro lateral que interessou foi Eron, do Atlético-GO. "Ele ficou caro e nem sei se ainda vai dar negócio", disse Muricy. A tendência é que se confirme a contratação de Rojas, que tanto joga na quarta-zaga como na lateral-esquerda e que custa apenas US$ 1,4 milhão (pouco mais de R$ 2,8 milhões). Para o meio campo, Renato Augusto, do Bayer Leverkusen, da Alemanha, é o mais cotado no momento.

Via Estadão

Senar - agosto2020

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Vexame histórico: Bayern “enfia” 8 no Barça na Champions
Esportes
Imagem forte: Vídeo mostra atleta quebrando as pernas ao levantar peso
Esportes
Fundesporte abre inscrições para cursos de capacitação online
Esportes
"Temos que ver o DNA", diz Goleiro Bruno sobre filho com Eliza
Esportes
Operário rifa “fusca-75” para arcar com os compromissos
Esportes
Corinthians recusa fazer exames de coronavírus no Einstein após atrasos
Esportes
Vídeo: 4 x 3, Palmeiras é campeão nos pênaltis
Esportes
Com tira-teima histórico, Palmeiras e Corinthians fazem final do Paulista
Esportes
Brasileirão tem início neste sábado
Esportes
Liga dos Campeões da Europa retorna com jeito de Copa do Mundo

Mais Lidas

Polícia
Atendimentos da DEAM serão na Cepol neste fim de semana
Polícia
Enteada é assassinada a tiros pelo padrasto após discussão na capital
Política
Cresce a fila para a prefeitura
Geral
Fiems investe R$ 4,5 milhões em Sidrolândia Corguinho e Rochedo