Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99647-9098
TJMS - maio21
Esportes

Neymar tem 'dia de Messi' e ofusca sufoco de gigantes europeus

12 dezembro 2013 - 10h49Via Uol
Neymar conseguiu nesta quarta-feira, enfim, marcar seu primeiro gol na Liga dos Campeões. E foram logo três de uma vez, ajudando o Barcelona a conseguir uma goleada por 6 a 1 contra o Celtic e garantir a liderança de seu grupo na competição na primeira fase.

O rendimento sensacional do camisa 11 rendeu elogios da imprensa espanhola. O Mundo Deportivo, por exemplo, estampou em sua edição online que Neymar viveu um "dia de Messi", cumprindo seu papel de líder do ataque catalão enquanto o argentino está lesionado.

Saindo da Catalunha para a capital da Espanha, o jornal Marca manchetou "O Camp Nou se rende a Neymar", em seu site, enquanto o As colocou a atuação do craque brasileiro como "um banho de glória". Com os tentos sobre os escoceses, a principal esperança do Brasil para 2014 chegou aos oito gols oficiais pelo Barcelona.

O 'hat-trick' do craque da seleção brasileira serviu como resposta às críticas que Neil Lennon, técnico do time escocês, fez ao jogador na véspera da partida, chamando-o de imaturo por se atirar demais no gramado durante as partidas. Na bola, o ex-santista deu seu recado.

Tamanho brilho de Neymar ofuscou um sofrimento enorme de times grandes da Europa na rodada final da fase de grupos nessa quarta-feira. Milan e Borussia Dortmund, atual vice-campeão do torneio, ficaram muito perto de serem eliminados e protagonizarem um vexame precoce.

No Grupo F, três equipes brigavam por duas vagas na próxima fase e todas terminaram com 12 pontos. Pelos critérios de desempate, Borussia e Arsenal estão nas oitavas de final.

O Borussia, atual vice-campeão, visitou o Olympique e sabia o que precisava fazer para conseguir a classificação. A vitória por 2 a 1, com gols de Lewandowski e Grosskreutz, veio de forma dramática, com o tento salvador sendo marcado aos 43min do segundo tempo.

Já o Milan avançou com a segunda colocação do Grupo H, o mesmo do Barcelona, mas também de forma dramática, ao segurar um empate por 0 a 0 com o Ajax, em Milão. O time italiano sofreu e foi muito prejudicado pelo seu capitão, Montolivo, expulso aos 22 min do primeiro tempo. Kaká assumiu a faixa de capitão e passou a jogar recuado para ajudar na marcação - ele correu mais de 10km na partida.

A equipe da casa 'esmagada' durante os 90 minutos, mesmo com o apoio de 61 mil torcedores. A posse de bola dos visitantes foi digna do Barcelona em seus melhores tempos. Com 71% de posse, o Ajax comandou o jogo e ainda deu 18 chutes ao gol. O Milan, por sua vez, chutou apenas três vezes. Mesmo assim, conseguiu a classificação.
Girafa

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Nesta terça, Libertadores tem rodada com Palmeiras, Flamengo Internacional e Santos
Esportes
Morre o jornalista esportivo Fernando Caetano, ex-Fox Sports e ESPN
Esportes
Em busca da Champions League, Neymar renova contrato com o PSG até 2025
Esportes
AGORA É LEI: Atividade física é serviço essencial em MS
Esportes
Times brasileiros voltam a campo nesta quarta pela Libertadores e Sul-americana
Esportes
Atual campeão da Libertadores, Palmeiras recebe Del Valle pela 2ª rodada da competição
Esportes
Pista de skate improvisada por garotos do Aero Rancho é destruída
Esportes
Aos 16 anos, ciclista Chapadense assina contrato com Portugal
Esportes
Sorteio define grupos das seleções masculina e feminina de futebol na Olimpíada
Esportes
Vídeo: polícia usa bala de borracha durante confusão no Campeonato Sul-Mato-Grossense

Mais Lidas

Polícia
Jacaré é capturado dando 'rolê' em cidade de MS
Internacional
Estados Unidos inicia vacinação contra a Covid-19 em Nova York
Polícia
Morador de rua tenta matar desafeto a pauladas no interior do Estado
Polícia
Briga por capacete acaba em tentativa de homicídio