Menu
Busca segunda, 21 de setembro de 2020
(67) 99647-9098
Aguas - super banner
Esportes

Onze mandatários estrangeiros participarão da abertura da Copa

06 junho 2014 - 10h10Via Notícias MS
A presença de 11 presidentes e primeiros-ministros de países já está confirmada na cerimônia de abertura da Copa do Mundo, na próxima quinta-feira (12). A informação foi divulgada nessa quinta-feira (05) pelo Palácio do Planalto, que confirmou que pelo menos 20 chefes de Estado devem estar presentes no Brasil para prestigiar o Mundial.

Na Arena Corinthians, o Itaquerão, em São Paulo, antes que a bola role pela primeira vez no campeonato, a presidenta Dilma Rousseff assistirá ao show de abertura ao lado do secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-moon, e de onze mandatários internacionais.

A partida entre Brasil e Croácia começa às 17h, mas duas horas antes, um time de 600 bailarinos promoverá um espetáculo sobre a diversidade e a beleza do Brasil, seguido da performance do rapper Pitbull, das cantoras Jennifer Lopez e Claudia Leitte e do Olodum, que cantarão a música oficial da Copa do Mundo da FIFA, We Are One.

Além do primeiro-ministro croata, Zorán Milanovic, os seguintes líderes estarão presentes na abertura da Copa: os presidenta do Chile, Michelle Bachelet; do Equador, Rafael Correa; de Gana, John Dramani Mahama; do Uruguai, José Mujica; do Paraguai, Horácio Cartes; e o emir do Catar, Tamin Bin Hamad Al Thani.

De acordo com o Planalto, também confirmaram presença na partida os presidentes do Suriname, Desiré Delano Bouterse; de Angola, José Eduardo dos Santos; da Bolívia, Evo Morales; e do Gabão, Ali Bongo Odimba.

Segundo a previsão oficial, mais oito mandatários também deverão vir ao Brasil para acompanhar jogos da Copa: Vladimir Putin, presidente da Rússia, que vai assistir à final, no Rio de Janeiro; Angela Merkel, chanceler alemã; Joe Biden, vice-presidente dos Estados Unidos; Juan Orlando Hernández, presidente de Honduras; Guilherme Alexandre, rei da Holanda; Alberto II, príncipe de Mônaco; além da família real da Bélgica, com o rei Filipe e a rainha Mathilde, e o primeiro-ministro belga, Elio di Rupo.

Apesar de não confirmados, os presidentes da China, Xi Jinping, e da África do Sul, Jacob Zuma, devem assistir à final da Copa do Mundo junto de Vladimir Putin e da própria Dilma, dia 13 de julho, no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Esses chefes de Estado vão aproveitar o encontro para participar da Cúpula dos Brics (bloco que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), marcada para o dia 15 de julho em Fortaleza.

Nessa quarta-feira (04), o príncipe Harry, da Inglaterra, confirmou que também virá ao Brasil para duas partidas: Brasil x Camarões (Brasília), no dia 23 de junho, e Costa Rica x Inglaterra (Belo Horizonte), um dia depois.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Com uma novidade de Tite em convocação para início das Eliminatórias
Esportes
Em emendas parlamentares, esporte de MS recebe R$ 1,64 milhão
Esportes
Vídeo: Corinthians é recebido com protesto pela torcida no aeroporto
Esportes
Vídeo - Neymar é expulso por dar tapa em jogador que o chamou de "macaco"
Esportes
Projeto Amigos do Parque volta neste final de semana
Esportes
Moreninha lll ganhará pista de skate e quadra de areia
Esportes
Messi se reapresenta ao Barcelona após tentativa frustrada de saída
Esportes
São Paulo e Fluminense se enfrentam pelo Brasileirão neste domingo
Esportes
Brasileirão deste sábado tem Flamengo, Corinthians e Santos
Esportes
Goleiros titular e reserva do Flamengo testam positivo para covid

Mais Lidas

Polícia
Homem é morto esfaqueado após briga generalizada
Saúde
Confira a escala médica nas UPAs e CRSs nesta segunda
Geral
Eletricitários paralisam e exigem transparência de terceirizada da Energisa
Polícia
Filha é arrastada por 50 metros pendurada em carro ao tentar defender a mãe do padrasto