Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
(67) 99647-9098
TJMS setembro21
Esportes

Padrão Fifa? Com fogos, filas e ambulantes, Arena Pantanal discorda

14 junho 2014 - 13h04Via Uol
Cuiabá recebeu pela primeira vez na história um jogo de Copa do Mundo. No entanto, o duelo entre Chile e Austrália esteve muito longe do tão alardeado "padrão Fifa". No interior e no entorno da Arena Pantanal, vários aspectos mostraram na última sexta-feira que nem tudo é tão rígido na lista de parâmetros estabelecida pela entidade internacional.

A maioria dos casos foi acompanhada de perto por policiais militares e voluntários da Fifa. Membros dos dois grupos disseram que não receberam nenhuma orientação para coibir práticas que ferissem o que a entidade determina para o perímetro de estádios de Copa.

A Arena Pantanal sediará quatro jogos da Copa de 2014. Além de Chile x Austrália, o estádio de Cuiabá receberá Rússia x Coreia do Sul, Bósnia x Nigéria e Colômbia x Japão, todos válidos pela primeira fase do torneio.

Veja abaixo o que feriu o "padrão Fifa" no primeiro jogo da Copa do Mundo na Arena Pantanal:
Perímetro serve apenas para quem tem ingresso?

Em teoria, o entorno de um estádio de Copa deveria ser limitado a moradores, funcionários e portadores de ingresso. Em Cuiabá, essa triagem simplesmente não existiu. Os garotos Dennis Vidigal, Wesley Gustavo, Diego Figueiredo e Wellington Stifler chegaram a ser autorizados para passar pelo portão. Durante o jogo, todos estavam deitados em gramados da Arena Pantanal.

Pré-jogo tem revenda e até doação de ingressos
Começou com dois chilenos, que ofereciam ingressos categoria 1 por US$ 500. Depois, surgiram dois alemães. E outros chilenos. E um grupo de australianos. Antes de Chile x Austrália, torcedores agiram livremente nas imediações da Arena Pantanal e tentaram revender entradas. A demanda era tão grande que alguns chegaram a distribuir tíquetes.

Ambulantes irregulares circulam no entorno da Arena Pantanal

Uma das principais razões para a Fifa exigir um perímetro de restrição ao redor dos estádios da Copa é proteger seus parceiros comerciais. Nessa área, a comercialização deve ser limitada às marcas que patrocinam a entidade. Na Arena Pantanal, porém, muita gente furou esse bloqueio. Vendedores ambulantes não cadastrados circularam livremente. Alguns com produtos diferentes dos oficiais.

Latas, garrafas e outros objetos

Segundo código da Fifa, torcedores não podem andar no perímetro dos estádios com latas, garrafas ou outros objetos que possam ser arremessados. Em Cuiabá, recipientes assim foram encontrados no entorno do estádio.

Torcedor paga R$ 390 por cadeira que não existe

O chileno David Fuentealba estava muito preocupado antes de Chile x Austrália. Ele ficou mais de uma hora tentando localizar um funcionário que pudesse resolver um problema insólito: a cadeira comprada pelo torcedor no site da Fifa simplesmente não existia. Até o início do jogo, ninguém havia conseguido resolver o problema.

Fogos de artifício e papeis
A Fifa também diz não permitir que torcedores entrem em estádios com fogos de artifício, líquido ou papeis para arremessar no campo. Houve fogos dentro da Arena Pantanal depois do hino chileno e em duas ocasiões durante o jogo. Torcedores da equipe sul-americana ainda jogaram três vezes papeis brancos na direção do gramado. Os telões do estádio não mostraram.

Torcedores entram com água

Outros itens vetados pela Fifa em estádios da Copa, torcedores puderam entrar com líquidos na Arena Pantanal. Até pela alta temperatura de Cuiabá (33ºC na hora do jogo), voluntários permitiram garrafas de água e apenas orientaram que os rótulos fossem retirados.

Problema de comunicação cria filas no estádio
Bares e lanchonetes da Arena Pantanal tiveram longas filas em toda a operação do jogo Chile x Austrália. Um dos principais motivos para isso foi a dificuldade de comunicação: atendentes não falavam inglês ou espanhol.

Gelo e produtos acabam na Arena Pantanal
Quem quis comprar água não pôde esperar até o fim do jogo. Quem escolheu um refrigerante teve de se contentar muitas vezes com produtos quentes. "O estádio tem muitos pontos de venda, mas alguns parecem não estar prontos. Não dá para entender", disse o torcedor australiano Cameron Clarson.

Na saída, torcedores confraternizam e dividem tudo. Até drogas.
Era fácil encontrar torcedores fumando maconha na área externa da Arena Pantanal depois de Chile x Austrália. Após o jogo, muitos dos que estavam no estádio continuaram a festa na rua ao lado, nas calçadas e em dois bares.
Unica - inverno

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esportes
Yeltsin Jaques "fez história na Paralimpíadas de Tóquio", diz Rose Modesto
Esportes
Yeltsin Jacques é recepcionado pelo Corpo de Bombeiros no Aeroporto nesta terça-feira
Esportes
Tóquio 2020: Cerimônia de encerramento encanta com a beleza da diversidade
Esportes
Anvisa paralisa jogo Brasil x Argentina e jogadores poderão ser deportados
Esportes
Campeonato Brasileiro de Handebol acontece de 03 a 07 de setembro em MS
Esportes
MS recebe Campeonato Brasileiro de Handebol neste fim de semana e feriado
Esportes
Primeiro ouro de parataekwondo da história vai para brasileiro
Esportes
Brasil enfrenta Chile pelas Eliminatórias da Copa do Catar
Esportes
Yeltsin Jacques quebra recorde e conquista o 100º ouro do Brasil em Paralimpíadas
Esportes
Yeltsin Jacques busca segundo ouro em Tóquio e pode bater recorde mundial

Mais Lidas

Polícia
Corpo é encontrado esquartejado em sacos de lixo
Geral
Ao vivo: Bebê transmite mãe tomando banho no Facebook
Polícia
Jovem é presa por morder enfermeira na UPA do Coronel Antonino
Polícia
Mulher agredida com barra de ferro em espetinho no Aero Rancho contesta versão dada pelo dono